Menu
quarta, 27 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Comissão da OAB/MS acompanhará ação dos 'rolezinhos'

Manifestação

21 janeiro 2014 - 08h00Por Da Redação

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), nomeou nesta segunda-feira (20) um grupo de advogados para acompanhar as manifestações denominadas de “rolezinhos” em Campo Grande. O objetivo é buscar garantir uma manifestação pacífica por parte dos jovens, combater práticas de violência e depredação e intermediar em possíveis situações de embate entre manifestantes e autoridades policiais. 


“Somos a favor do exercício da liberdade de expressão, que é uma garantia constitucional, mas lutamos pela manutenção da ordem pública. Entendemos e apoiamos as manifestações em suas causas legítimas. Nosso papel é observar o direito de todos, contra o vandalismo por parte dos manifestantes ou uso de força por parte da segurança pública”, disse o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues. 

De acordo com o coordenador do grupo, Eduardo Pereira Brandão Filho, é importante a adoção de medidas de prevenção em Campo Grande. “Vamos atuar na prevenção e mediação de eventuais conflitos, conscientizando as autoridades públicas sobre a necessidade de reprimir apenas eventuais ações criminosas que possam ser praticadas por pessoas mal-intencionadas, aproveitando-se da situação para praticar furtos e danos ao patrimônio privado, não podendo criminalizar, de antemão, todos os envolvidos na manifestação, reprimindo os participantes de forma generalizada", afirmou Brandão.


O grupo conta com a participação do advogado Caio Magno Duncan Couto, que é secretário-geral da Comissão de Direitos Humanos, e os advogados Fábio Martins Neri Brandão e Luiz Felipe dos Santos Salgado da Rocha, da Comissão do Novo Advogado.

Leia Também

Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Geral
Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
Geral
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Política
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul
Interior
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul