Solurbe - corrida do meio ambiente 18/04 a 08/05
(67) 99826-0686
Vale universidade

Considerado 'um sonho', Cassems inaugura hospital com 111 leitos na Capital

Governador esteve presente e elogiou capacidade de atendimento da unidade

6 OUT 2016
Thiago de Souza e Airton Raes
20h01min
Ricardo Ayache diz que hospital é 'sonho realizado' Foto: Andre de Abreu

A Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul) inaugurou a unidade hospitalar, na tarde desta quinta-feira (6), em Campo Grande. O hospital tem 14 mil metros quadrados e é tipo pela diretoria como a referência e a ''realização de um sonho''. 

O evento foi prestigiado por vereadores, deputados estaduais e federais, e também o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, disse que o sonho  da entidade, que completa 15 anos, está realizado. Destacou que a construção da unidade hospitalar foi coletiva, e que todos os ex-presidentes colaboraram de alguma forma.  Ayache atribuiu a realização da obra a uma boa gestão da diretoria e  também disse que o hospital será referência em saúde para todo o Estado. 


(Governador elogiou as instalações e diz que pode usá-la para atendimento de pacientes do SUS - Foto: Andre de Abreu)

O governador Reinaldo Azambuja destacou a grandiosidade do hospital e sua capacidade de atendimento, principalmente para atender as demandas no Estado. Disse que em breve, por meio de parceria público privada, poderá atender pacientes do SUS no local. "Contratar serviço de saúde é importante porque você atende as pessoas, atende com qualidade e não tenho dúvidas que esse hospital, pela qualidade, vai poder atender bem se pactuarmos isso", garantiu o tucano. 

Segundo a Cassems, a obra tem 14 mil m² e vai oferecer 10 salas cirúrgicas, 111 leitos de internação, pronto atendimento, centro de quimioterapia, UTIs adulto e neonatal e centro de diagnóstico, sendo capaz de atender cerca de mil pacientes por dia. O investimento total foi de R$ 84 milhões, sendo parte com recursos próprios e parte do FCO. 

Também, de acordo com a entidade, após a inauguração oficial, o hospital inicia o atendimento no dia 10 de outubro nas áreas de pronto atendimento adulto 24 horas, centro de diagnóstico, centro cirúrgico e de oncologia, internações clínicas e cirúrgicas, e a UTI adulto. No dia 17 de outubro o Hospital inicia o atendimento do Pronto Atendimento Infantil 24 horas e, no primeiro semestre de 2017, o Hospital estará funcionando na sua totalidade com a abertura do atendimento da UTI Neonatal e da Maternidade.  

(Hospital tem 14 mil metros quadrados e 111 leitos - Foto: Geovanni Gomes)

Veja também