Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
camara municipal
Cidades

'Chegou de mala e cuia': frente fria permanece na Capital e Defesa Civil emite alerta

Umidade relativa do ar deve ficar com mínima de 40% e máxima de 90%

14 maio 2019 - 07h30Por Da redação/Governo MS

A previsão do tempo para esta terça-feira (14) em Mato Grosso do Sul é de clima parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva isolada ao norte e noroeste do estado; nublado a parcialmente nublado no sul e sudoeste; as demais áreas permanecem parcialmente nubladas.

De acordo o do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima será de 29º e a mínima de 11º. A umidade relativa do ar deve ficar com mínima de 40% e máxima de 90%. Os ventos devem ter intensidade fraca a moderada com rajadas.

Alerta

Em novo aviso meteorológico, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) emitiu, ontem (13) um alerta de potencial risco para chuvas intensas em 55 municípios de Mato Grosso do Sul para a segunda-feira (13).

O alerta foi elaborado com base em dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Segundo o alerta, o aviso tem início a partir das 12h e vai até as 9h desta terça-feira (14), com risco de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h).

Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. O alerta abrange 55 municípios das regiões Leste, Sul E Sudoeste, Centro Norte Sul-Mato-Grossense e Pantanal Sul-Mato-Grossense.

Leia Também

Atriz de 'tapa na pantera' está em estado grave no hospital
Geral
Atriz de 'tapa na pantera' está em estado grave no hospital
AMICÃO viu idoso agonizar ao morrer queimado na região das Moreninhas
Cidades
AMICÃO viu idoso agonizar ao morrer queimado na região das Moreninhas
Vítima de coronavírus vivia em Dourados e deixa três filhos
Interior
Vítima de coronavírus vivia em Dourados e deixa três filhos
Com aprovação geral, barreiras sanitárias na Capital podem se tornar fixas
Cidade Morena
Com aprovação geral, barreiras sanitárias na Capital podem se tornar fixas