tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Doar leite materno salva vidas e bombeiros recolhem doações

15 dezembro 2015 - 18h46Por Da redação com assessoria

 doação de leite materno é uma atitude que salva vidas. Muitos bebês internados nas UTIs neonatais que não podem ser alimentados pelas próprias mães, tem a chance de receber o benefício desse alimento com as doações. Com o leite materno a criança tem mais chance de recuperação, se protege de infecções, diarréias, alergias e se desenvolve com mais saúde. O que muita gente desconhece é que realizar um gesto tão nobre não exige grandes esforços ou sacrifícios.

Uma parceria do Ministério da Saúde com Governo do Estado – por meio das Secretarias de Justiça e Segurança Pública e Saúde -instituiu o projeto Bombeiros da Vida. Nele, os bombeiros militares atuam junto aos bancos de leite humano com o objetivo de aumentar a coleta, promover o aleitamento e reduzir a mortalidade infantil.

As equipes compostas por um bombeiro e uma técnica de enfermagem garantem toda a comodidade, levando os frascos e recolhendo as doações na casa das mães que participam do projeto de aleitamento materno. Em todo o estado somente duas cidades contam com bancos de leite que são Campo Grande e Dourados, justamente onde estão localizadas as UTIs neonatais.

O cabo W. Rocha, do Corpo de Bombeiros, que trabalha no banco de leite do Hospital Universitário, explica que Mato Grosso do Sul conta hoje com cinco unidades de banco de leite, sendo no HU, Hospital Regional, Santa Casa, Maternidade Cândido Mariano e Hospital Universitário de Dourados.