TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Mesmo sem aulas presenciais, escolas municipais receberam quase 1 mil novos alunos

Maioria dos novos alunos estão na faixa etária de 4 a 5 anos

15 julho 2020 - 19h00Por Nathalia Pelzl

A REME (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande recebeu 910 novos alunos, entre o período do dia 1° de junho ao dia 2 de julho e, apesar as escolas particulares apontarem saída desses estudantes, não há confirmação se os novos alunos da rede pública são oriundos da rede privada.

Em entrevista ao TopMídiaNews, a responsável pela área das matrículas da Reme, Adriana Cedrão, destacou que não há esse levantamento. Segundo ela, as matrículas e transferências na REME ficaram indisponíveis entre 18 de março e 31 de maio, por conta da pandemia da Covid-19.

Dos 910 novos alunos, ela pontua que o que chama atenção é a faixa etária. “Dos novos cadastros, a maioria é de faixa etária de 4 e 5 anos, não temos essa coleta de informação se todos são da rede privada, mas todos que nos procurarem iremos atender”, garantiu.

Atualmente, conforme explica Adriana, são 109 mil alunos cadastrados e, caso haja um aumento expressivo na procura, adaptações poderão ser feitas.

“Reforço, temos como atender a todos, caso preciso, faz um remanejamento, cria anexo, outro espaço, ninguém vai sem ficar sem atendido”.

Além do mais, Cedrão pontuou que os pais não precisam ir até à Central de Matrícula, basta acessar o site, fazer o acompanhamento e depois ir à escola designada.

Na Rede Estadual, conforme assessoria da SED (Secretaria de Estado e Educação), existe um monitoramento semanal do fluxo dos estudantes e, até o momento, não foi detectado flutuação de alunos vindos da rede privada.

Assim com a REME, a REE informou que, se houver essa necessidade, tem total condição de absorver a demanda.

Por hora, nas duas redes as aulas presenciais seguem suspensas até o dia 31 de julho.