Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Cidades

É lei: pessoas obesas não precisam passar pela catraca de ônibus em Campo Grande

Para conseguir o benefício, usuário terá de se cadastrar na Agetran

04 junho 2019 - 08h34Por Maressa Mendonça

A partir desta terça-feira (4), os usuários do transporte de coletivo de Campo Grande obesos não precisam passar pela catraca. Trata-se de uma lei aprovada pela Câmara e sancionada recentemente pelo prefeito Marcos Trad.  

Para conseguir embarcar pela porta traseira, os usuários terão de fazer um cadastro na Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e emitir um cartão eletrônico. Esta identificação deverá ser apresentada ao motorista antes do embarque.

Conforme publicado no Diário Oficial desta terça-feira, não haverá limite para o número de passageiros obesos nos ônibus. O embarque será assim:  logo após apresentar o cartão ao motorista, o passageiro deverá pagar a passagem e girar a catraca. A regra vale também para embarque nos terminais ou estações peg-fácil.

O cartão de identificação dos passageiros obesos ainda será criado. Ainda não há informações sobre quando eles estarão disponíveis para população obesa. De acordo com a lei, "entende-se como obesidade para os efeitos desta Lei, a pessoa que tiver visível dificuldade em passar pela catraca ou ainda dificuldade de locomover-se". 

 

Leia Também

Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Política
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Interior
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Cidade Morena
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Usuário de drogas é morto com tiro no pescoço no Itamaracá
Polícia
Usuário de drogas é morto com tiro no pescoço no Itamaracá