Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Cidades

Estátua viva chama atenção no cruzamento da Afonso Pena com a 14 de julho

Arte de rua

24 outubro 2013 - 19h35Por Willian Leite

Uma figura que tem chamado atenção na região central de Campo Grande é o personagem que realiza uma performance de 'Estátua Viva', no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de julho. Este tipo de arte já é comum nos parques e vias de grandes cidades, porém está se popularizando na Capital.

 

O trabalhador Jorge Batista, 37, passou pelo local e admirou as técnicas e mímicas estáticas do ator. "É muito bonito. Eu só tinha visto pela televisão e sempre tive curiosidade de ver de perto. Deveriam ter mais trabalhos como este na cidade", opinou.

 

O público se encanta com a performance e os gestos sincronizados e logo vão se aglomerando para acompanhar. Além deste personagem, Vanderlei Marques se veste de anjo e explica que o figurino depende da criatividade. Tanto que no próximo sábado já está definido o próximo modelo. Cabe destacar que os atores realizam as apresentações sempre em locais públicos e contam com a contribuição espontânea das pessoas.

 

Segundo o artista, quem está na correria do cotidiano muitas vezes não presta atenção nos personagens, porém, as crianças que passam pelo local querem parar e chamam a atenção dos responsáveis. "Estava com a cabeça cheia e me assustei quando minha filha me puxou pelo braço e me fez colocar uma moeda só para ver a estátua se movimentando", comentou a dona de casa.

Leia Também

Marquinhos Trad anuncia 13º salário para 16 de dezembro
Cidade Morena
Marquinhos Trad anuncia 13º salário para 16 de dezembro
Mãe reclama de falta de vacina em posto; Sesau regulariza distribuição
Cidades
Mãe reclama de falta de vacina em posto; Sesau regulariza distribuição
Aneel recua e avia que contas de luz terão aumento já nesta terça-feira
Cidades
Aneel recua e avia que contas de luz terão aumento já nesta terça-feira
Em vez de ferroada: apicultor leva tiro na perna ao visitar colmeias em Três Lagoas
Interior
Em vez de ferroada: apicultor leva tiro na perna ao visitar colmeias em Três Lagoas