TCE MAIO
(67) 99826-0686

Fetems reafirma, em nota, mobilização para suspender atividades

Paralisação

29 NOV 2013
Da Redação
11h34min

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e os seus 72 Simted’s (Sindicatos Municipais dos Trabalhadores em Educação) filiados reafirmam que a mobilização para a paralisação da Rede Estadual de Ensino do dia 3 de dezembro continua sem alteração, mesmo com reunião agendada com o governador André Puccinelli (PMDB). 

A entidade alega que até o momento não recebeu nenhuma proposta concreta do governo do Estado, conforme havia determinado a categoria em Assembleia Geral, no último dia 26 de novembro. A Fetems alega que justamente pela data base do magistério da Rede Estadual de Ensino ser dia 1° de janeiro, que precisa definir a política salarial agora, uma vez que essa questão ainda precisa ser alterada em Lei e aprovada pela Assembleia Legislativa. 


"Não abrimos mão da nossa luta, pois sem ela conquistas históricas não seriam possíveis, vamos continuar firmes na batalha pela implantação do piso por 20 horas e por uma política salarial justa e digna para o magistério da Rede Estadual de Ensino. Há meses esperamos um posicionamento do poder público e estamos dispostos inclusive a não iniciar o ano letivo de 2014, permanecendo em paralisação até que sejamos atendidos", diz o documento.

Veja também