Menu
terça, 26 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Ganância de empresas infringe lei ambiental, diz ambientalista

Prática arbitrária

19 dezembro 2013 - 06h39Por Ana Rita Chagas

Em entrevista concedida ao TopMidiaNews, o presidente do Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Mato Grosso do Sul Haroldo Borralho, foi categórico ao afirmar que a disputa por clientes de emprestas de turismo em Mato Grosso do Sul tem colocado em risco a fauna e a flora sul-mato-grossenses. 


Segundo ele, há um forte apelo comercial de agentes turísticos que estão despreocupados com a estruturação harmônica que cerca o Pantanal. " Quem faz a ceva de animais, também fará a da pesca predatória e desrespeitará o que existe de mais genuíno na fauna e flora sul-mato-grossenses.Isso é uma questão que precisa ser debatida com seriedade. Mato Grosso do Sul não precisa disso", ressalta.

MPF - Há uma semana, o MPF ( Ministério Público Federal) em Mato Grosso do Sul recomendou às Fundações de Turismo e de Meio Ambiente de Corumbá (MS) o fim da prática de “ceva” de animais silvestres no Pantanal Sul-Mato-Grossense. De acordo com o órgão, onças-pintadas estariam sendo alimentadas por empresas de turismo para garantir aos visitantes a observação do animal. A prática configura crime ambiental e também pode expor os turistas a sérios ataques.

Segundo o MPF, a irregularidade foi denunciada pelo Instituto Homem Pantaneiro, que apresentou vídeos que comprovam a prática da “ceva” das onças - situação que estaria acontecendo também com as ariranhas –, no trecho que vai da parte urbana de Corumbá até Porto Jofre, no Pantanal Norte.

Na oportunidade, Haroldo Borralho disse que a questão precisa ser acompanhada de perto e envolver a sociedade como um todo. " Utilizar a prática da ceva para atrair turistas é uma questão muito complicada. Mato Grosso do Sul é um dos estados  brasileiros mais beneficiados pela fauna e flora. O fórum trará essa discussão para as próximas reuniões que iniciam em fevereiro de 2014 porque isso tem de acabar, isso é ganância de empresários do estado.  

Leia Também

Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Geral
Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
Geral
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Política
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul
Interior
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul