tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Governo garante locação de veículos da PM por R$ 1,4 milhão ao ano

04 novembro 2015 - 16h21Por Alessandra Carvalho

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (4) contrato no valor de R$ 1,4 milhão para o primeiro lote, em fase de teste, com a empresa de transportes Apoteose. O objetivo é a locação de 10 viaturas, durante um ano, para a Polícia Militar.


A equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar será a primeira a receber os veículos. O presidente da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, afirmou que o processo ainda está na primeira fase. “Vamos verificar se a empresa contratada vai ter condições de atender a demanda. Será uma fase de teste de até 90 dias”, afirmou.

Ele ressaltou também que esse contrato foi combinado com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf. “Tive reunião com ele e a promessa é de mais dois contratos, para cobrir a defasagem. O segundo contrato será de 200 veículos e depois mais 150 ou 200 novamente”, contou Edmar.


O sindicalista explicou que desde 2014 a Polícia Militar está com 47% das viaturas paradas nas oficinas, com problemas mecânicos, devido ao uso constante nas ocorrências e o tempo de tráfego. “A falta de viaturas está prejudicando o trabalho dos policiais pelo fato de enfrentarem essa situação há muito tempo”.

Foto: Deivid Correia 

O valor mensal do aluguel das dez viaturas S10 ficou em R$ 12 mil por veículo, durante 12 meses, conforme o Diário Oficial do Estado. Segundo Edmar, o déficit atual é de 400 viaturas para atender a Polícia de MS, sendo 250 automóveis e 150 motos. O valor da locação será de em torno de R$ 3 milhões anual, se for suprida a demanda.


Outro problema

Além dos alugueis com caráter de urgência para solucionar a defasagem das viaturas da PM, a situação das UR (Unidades de Resgastes) do Corpo de Bombeiros é mais complexa, pelo fato de precisar de equipamentos de auxílio à saúde.

Edmar afirma que o preço de cada viatura deve custar em torno de R$ 150 mil e, em Mato Grosso do Sul, são necessárias 40 novos veículos do modelo. Somente na Capital a necessidade é de 15 viaturas para atender a demanda da população.