Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Cidades

Jovens fazem mobilização para alertar os perigos da droga

Alerta

23 janeiro 2014 - 20h38Por Carlos Guessy

“Saiba dizer não ao crack, Brasil Campeão é um Brasil sem Drogas”. Este é o lema que um grupo de aproximadamente 5 mil jovens de todo o Estado vai entoar no sábado, em mobilização na Praça do Rádio, em Campo Grande.

O tema é alusivo aos jogos da Copa do Mundo no Brasil este ano. "A Copa está aí, mas os problemas também", diz o organizador do evento, pastor Edgar Costa.

A campanha “Saiba Dizer Não” é realizada pelo grupo Força Jovem MS, da Igreja Universal, e tem como objetivo chamar atenção das autoridades para o assunto e conscientizar a sociedade a respeito dos malefícios da droga.

Edgar conta que a concentração terá início às 14h em frente à igreja, na Avenida Mato Grosso. “De lá vamos sair nessa marcha até a Praça do Rádio, onde, por volta das 16h, teremos depoimentos de ex-viciados e vídeos explicativos”, informa.

Para chamar atenção, um grupo de pessoas estará caracterizado como zumbi “retratando as pessoas que não souberam dizer não às drogas”, enfatiza Edgar afirmando ainda que haverá distribuição de panfletos com relatos de ex-usuários aos pedestres e motoristas.

Conforme o pastor, essa ação acontecerá em vários estados do país neste dia. “Aqui em MS, teremos caravanas que virão do interior para participar do evento. Esperamos a participação de pelo menos 5 mil jovens”.

Leia Também

Cuidado: MS está em alerta para tempestade com granizo e alagamentos
Cidades
Cuidado: MS está em alerta para tempestade com granizo e alagamentos
Põe na Ata: Justiça ordena Harfouche a tirar vídeo com ataques a Marquinhos e à imprensa
Cidade Morena
Põe na Ata: Justiça ordena Harfouche a tirar vídeo com ataques a Marquinhos e à imprensa
Brasil tem o primeiro caso oficial de covid-19 em animal; gata vive em Cuiabá
Geral
Brasil tem o primeiro caso oficial de covid-19 em animal; gata vive em Cuiabá
Sindicato rural repudia 'indígenas' por apedrejamento de tratores em Dourados
Interior
Sindicato rural repudia 'indígenas' por apedrejamento de tratores em Dourados