Menu
sábado, 27 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Cidades

Mãe procura filha que está há 18 dias desaparecida

26 abril 2016 - 17h13Por Amanda Amaral

Desde o dia 9 de abril, familiares buscam pistas sobre o paradeiro de Débora Dorotew Nunes da Silva, 16 anos, que teria saído de casa levando apenas uma mochila com pertences e até então não retornou. A adolescente é estudante e foi vista pela última vez pela mãe na noite do dia anterior onde elas moram, na Rua Negro, Vila Margarida, em Campo Grande.

A mãe, Andreia Lopes Dorotew, 38 anos, conta que logo pela manhã percebeu que algumas roupas e uma mochila não estavam mais no quarto da filha, mas não encontrou nenhum bilhete que apontasse indícios do destino da jovem. Contudo, a garota chegou a se comunicar via SMS apenas avisando que estava bem, sem detalhar onde ou com quem estava, apesar de conhecidos suspeitarem que ela pode estar com um rapaz mais velho.

O último contato foi feito ontem (25), também via mensagem ao celular da mãe e dizendo somente que nada de ruim tinha acontecido. Como ela tem mantido contato, mesmo não comprovando que é ela mesma ou contando onde está, Andreia acha cada vez mais difícil entender o que se passa com a adolescente, já que a polícia não caracteriza o caso como desaparecimento e não realiza buscas.

“Nós não brigamos, ela não parecia estar revoltada. Todos falam que há um suposto namorado, mas desconheço, ela é super caseira. Não sabemos de fato o que está acontecendo, se ela está mesmo bem. Fui orientada pela polícia pra não coagir amigos a falarem, mas não sei mais o que fazer nem onde procurar”, relata a mãe. Ambas se mudaram para Campo Grande há dois anos, vindas do interior de São Paulo, e não têm familiares próximos.

Fotos: Arquivo Pessoal

Andreia pede que quem tenha qualquer tipo de informação sobre a filha, que ligue para a polícia no 190 ou nos telefones (67) 9274-4861 e  9837-7361.