Menu
quarta, 24 de fevereiro de 2021
Cidades

Mãe que agrediu filho deficiente sofre com problemas psiquiátricos, diz família

Rapaz foi levado para abrigo e passará por exame de corpo de delito

23 fevereiro 2021 - 11h47Por Nathalia Pelzl

Mulher de 52 anos, que aparece em vídeo batendo no filho deficiente, no residencial Jasmim, no Jardim Carioca, em Campo Grande, sofre de problemas psiquiátricos. Ela seria bipolar e esquizofrênica, além do problema com drogas.

A informação foi passada pela irmã da agressora, que será intimada para depor, conforme o delegado da 7ª Delegacia de Polícia, Bruno Urban. 

Ao TopMídiaNews, Urban declarou que o rapaz está em um abrigo e que a questão não é caso de polícia e sim social. 

O delegado declarou que está em contato com a Secretária Municipal de Assistência Social para saber o abrigo do rapaz e assim pedir exame de corpo de delito. 

Além disso, Urban pontua que moradores serão intimados para depor. Ele também pediu que o responsável pela filmagem se apresente. 

ENTENDA 

O rapaz, que terá a identidade preservada, tem problemas neurológicos e ficou em uma cadeira de roda após sofrer um grave acidente de trânsito, conforme testemunha, que terá a identidade preservada.

Como possui dificuldades de comunicação, o jovem supostamente vive sendo agredido pela mãe, como aconteceu nesta quinta-feira (18). 

Além disso, a mãe teria o costume de sair e deixar o filho sozinho.