TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Menina de um ano e oito meses morre queimada; mãe é suspeita de negligencia

Crime

10 MAR 2014
Marcelo Villalba
07h00min
Foto: Geovanni Gomes

Um bebê de 1 ano e oito meses, morreu na tarde ontem (9), queimada, no Jardim Los Angeles, em Campo Grande. O fogo teria começado por volta das 15 horas na casa, que fica na Rua Mansour Contar, na hora em que as chamas começaram estavam na casa apenas a bebezinha Ketlyn, seu irmão e a avó cadeirante.

A mãe das crianças Denise Alves, não estava no local, segundo informações a mulher é usuária de drogas. Os vizinhos relataram que a moça é bem negligente com os filhos por conta da droga e da bebida, tanto que no momento do fogo, Denise estava bebendo quando tudo começou se negando a ajudar.  "Ela vem sempre no bar, beber", comentou a dona do comercio.

O fogo tomou conta do local rapidamente, a fumaça saia pela casa o que mobilizou os vizinhos. José Assunção, que passava pela rua na hora do incêndio percebeu a mobilização e entrou para ajudar, quando chegou dentro da casa pegou a menina, que estava em um cercadinho. Ele levou a bebezinha para  a UPA Universitário, mas  infelizmente não deu tempo de salvar a menina que sofreu queimaduras.

Conforme informou a delegada Gabriela Stainle, na hora em que a polícia chegou no local Denise (mãe) apareceu bastante alterada, tendo que ser algemada e colocada na viatura.


Segundo foi apurado pela pericia, o fogo so tomou conta do "chiqueirinho". "A casa é inabitavel, cheio de bituca de cigarros inclusive ao lado do berço", ressalta a delegada que disse que além dos cigarros foram encontrados fezes animais e de seres humanos por toda a casa.  


Enquanto ao menino de 3 anos e a vó que estavam no local, não sofreram nenhum ferimento. A idosa foi encaminhada para atendimento devido a idade e por ter inalado muita fumaça.


Diante dos fatos, foi aberto um inquérito para saber a origem do fogo que acabou matando a menor de idade Ketlyn, que estava dentro do quarto.  

Veja também