(67) 99826-0686
Origem - entregas

Mais de 160 mil passageiros devem passar pelo Terminal Rodoviário de Campo Grande

Fim de ano

21 DEZ 2013
Carlos Guessy e Vanessa Ricarte
19h04min
Terminal Lotado. Foto: Vanessa Ricarte

O Natal esse ano cai em uma terça (24) para quarta (25), bem no meio da semana. Muita gente ainda trabalha, mas mesmo assim, o fluxo de pessoas na rodoviária é grande. Ocasião propícia para tirar alguns dias de folga, conhecer lugares e visitar familiares e amigos.


Desde o começo dessa semana, o fluxo de pessoas que embarcam e desembarcam na rodoviária é intenso. Segundo a administração do terminal, são esperados, entre os dias 20 de dezembro de 2013 a 2 de janeiro de 2014, mais de 160 mil passageiros, com aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano passado.


A dona de casa, Mirian Mugrabe (58) mora em Brasília, veio visitar os parentes em Corumbá e já está voltando para a Capital Federal, "Fiquei 20 dias no Pantanal com parte da minha família. Sofri bastante por causa do calor, mas valeu a pena, matei as saudades. Agora volto para passar o Natal com a Dilma", brinca dona Mirian.


Passeio familiar - No canto do terminal, um senhor chamou a atenção pela quantidade de malas ao seu redor. João Lázaro, pedreiro, 60 anos, estava com dois enteados, Lucas, 10 e Luan 8 anos. Eles já tinham passagens compradas para a cidade de Camapuã. "Minha esposa foi na frente e já está lá. To indo com os meus 'rabichos', eles não me desgrudam. Todos estamos com saudades da mamãe. Moramos em Angélica e vamos reunir toda a família", disse o pedreiro. 


Para atender a demanda foram colocados ônibus extras. A correria de pessoas comprando passagens também é grande.


A estilista Vanda Sol junto de sua mãe, Nilzia Sol, já estavam ansiosas para o embarque com destino a Minas Gerais, "Todo mundo já foi da nossa família e ficamos só nós duas. Moramos aqui em Campo Grande e esse ano resolvemos nos reunir em por lá. A expectativa é grande para embarcar logo", disse a estilista. 


Estrangeiros - E nos embarques e desembarques do Terminal Rodoviário de Campo Grande, a nossa equipe de reportagem encontrou dois amigos italianos em meio a tanta miscigenação de raças e classes sociais nesta tarde chuvosa na capital. Os italianos Riccardo Sandano e Elio Genero, ambos 30 anos estavam com pressa. Elio levava o amigo para embarcar para a Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro.


"Eu passei cinco dias dessa semana aqui em Campo Grande. Em outubro eu já havia conhecido o estado ois fiz um tour pelas principais cidades de Mato Grosso do Sul. Conheci Aquidauana, Bonito, Rio Verde, Ponta Porã. Estou adorando MS. Passo as festas no Rio e em breve eu volto pra cá", disse Riccardo.


O leitor deve estar se perguntando: será que o repórteres falam o italiano? Pois bem, os dois turistas falam fluentemente o português e estudaram na Itália para vir se aventurar em terras sul-mato-grossenses. "Estudei cinco meses a língua, o falar e peguei fácil eu acho, (apesar do sotaque).


"Eu já moro aqui em Campo Grande há dois anos, sou casado com uma gaúcha. Ela faz faculdade aqui e sempre viajamos para conhecer as belezas do MS", disse o italiano "campo-grandense" de coração. 


"Acho essa rodoviária uma das mais bonitas do Brasil. A proposta é diferente, é ampla, bem cuidada e limpa", enfatizou o italiano Riccardo. 
A orientação da administração do terminal rodoviário é para quem for viajar de ônibus chegar com pelo menos 1 hora de antecedência a fim de evitar imprevistos ou filas nas plataformas de embarque.





Terminal Lotado. Foto: Vanessa Ricarte
Terminal Lotado. Foto: Vanessa Ricarte
Terminal Lotado. Foto: Vanessa RicarteApenas hoje, saíram 321 ônibus da Capital. Foto: Vanessa RicarteA administração do terminal espera que o fluxo aumente mais. Foto: Vanessa RicarteMuitos correram para não perder o ônibus por conta da chuva. Foto: Vanessa RicarteFilas nos guichês. Foto: Vanessa RicarteSaguão cheio e congestionamento em frente aos guichês. Foto: Vanessa RicarteA chuva forte não espantou o movimento. Foto: Vanessa Ricarte

Veja também