tce janeiro
CNH - MOTO
Menu
sexta, 28 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Missão federal vem ao Estado para 'pacificar' conflito entre índios e produtores rurais

02 setembro 2015 - 08h30Por Rodson Willyams

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, desembarca por volta das 10 horas, desta quarta-feira (2), em Campo Grande, para conversar com o governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, sobre o conflito entre produtores rurais e indígenas, na região de Antônio João, que faz fronteira com o Paraguai. O encontro acontece na Governadoria.

Segundo a assessoria de imprensa, a comitiva desembarca na Base Aérea de Campo Grande e segue direto para a sede do governo em Mato Grosso do Sul. Participam desta agenda os representantes da Procuradoria- Geral da República, Polícia Federal, Polícia Federal Rodoviária, Supremo Tribunal Federal, Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério da Justiça e a secretária–geral da República, Regina Miki. Da parte do Governo do Estado, os secretários de Estado Eduardo Riedel; Sérgio de Paula e Silvio Maluf e representante do Comando Militar do Oeste (CMO) e da Procuradoria Geral do Estado estarão presentes.

O secretário de Estado de Governo, Eduardo Riedel, explicou que a visita das autoridades federais tem o objetivo ao encontro das necessidades do Estado de agir em favor da pacificação entre os ruralistas e índios. “Vamos fazer uma série de reuniões com as autoridades Federais e com todo o staff do Governo do Estado a fim de encontrar uma solução para acabar com os conflitos fundiários do Estado”.

A agenda de hoje é a seguinte: Às 9 horas, o governador recebe o arcebispo da Arquidiocese de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa. Às 10 horas, Reinaldo se reúne com o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

E por fim, às 14 horas , as autoridades nacionais e estaduais atenderão a imprensa onde concedem entrevista. A coletiva de imprensa está programada para acontecer no auditório da Governadoria do Estado.