(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Operadora de telefonia vai ser investigada por problemas na prestação de serviços

Empresa alega que teve transmissores furtados, o que ocasionou a interrupção do sinal

7 NOV 2016
Diana Christie
08h30min
Foto: Geovanni Gomes

A Operadora TIM Celular S.A vai ser investigada por problemas na prestação dos serviços de telefonia em Paranaíba, distante cerca de 407 quilômetros de Campo Grande. Segundo a assessoria do MPE (Ministério Público Estadual), um inquérito civil foi instaurado para apurar interrupção no sinal a partir das 8h do dia 16 de outubro e durante todo o dia 17 deste ano, no município.

“A falha afetou milhares de consumidores no município de Paranaíba, tendo em vista que a operadora de telefonia móvel predominante é a TIM, o que impossibilitou a comunicação população em seus vários setores, quer sejam comerciantes, empresários, famílias”, justifica o promotor Ronaldo Vieira Francisco.

De acordo com a TIM, o problema teria ocorrido porque dois aparelhos transmissores foram furtados. Um boletim de ocorrência chegou a ser registrado por um funcionário da empresa, que foi verificar o problema no sinal e percebeu que o portão do local, onde ficam as torres de telefonia, estava aberto e os aparelhos haviam sumido.

“A TIM informa que foi vítima de um ato de vandalismo em estações responsáveis pela transmissão dos serviços de telefonia móvel na região. A empresa está atuando rapidamente para reparar os danos causados pelo ato criminoso, com previsão de restabelecimento até o final do dia. A empresa solicita ainda que, caso a população perceba em torres de telefonia qualquer movimentação suspeita, denuncie para as autoridades locais”, diz nota da Operadora.

Veja também