Menu
quarta, 25 de novembro de 2020
Cidades

Pedágio na ponte sobre rio Paraguai sobe a partir de 1º de janeiro

Pedágio

29 dezembro 2013 - 10h43Por Diário Corumbaense

 

A partir de 1º de janeiro de 2014 serão reajustados os valores do pedágio para cruzar a ponte sobre o rio Paraguai na BR-262, no Porto Morrinho, em Corumbá. A tabela com os novos valores e a resolução da Secretaria de Estado de Obras Públicas e de Transportes (Seop) foi publicada na última sexta-feira (27), no Diário Oficial do Estado.

 

O pedágio será cobrado dos condutores ou proprietários de quaisquer espécies de veículos automotores, que utilizarem a ponte de concreto como meio de ultrapassagem do rio Paraguai. Ficam isentos da cobrança do pedágio os condutores de veículos automotores de propriedade da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive de suas autarquias e fundações, bem como dos veículos pertencentes aos Estados estrangeiros e destinados às suas representações diplomáticas.

Conforme fixa a resolução SEOP/ nº 033 de 13 de dezembro, a partir de 1º de janeiro do ano que vem o valor do pedágio para motocicletas passará a R$ 4,90. Veículos de passeio e utilitários até 2,5 toneladas pagarão R$ 8,10. Para veículos de passeio ou utilitários com reboques de eixo simples ou em tandem o valor será de R$ 12,20. Veículos de passeio ou utilitários com reboques de eixo duplo isolado vão pagar R$ 16,20 de pedágio.

 

Veículos comerciais (ônibus, micro-ônibus, caminhões e outras combinações de veículos), de acordo com o número de eixos, pagarão entre R$ 16,20 a R$ 72,90. O último reajuste nos valores tinha entrado em vigor em 1º de janeiro de 2013.

 

Fonte: Diário Corumbaense

Leia Também

Presidente da Fundação Palmares ataca: 'morto no Carrefour não era preto honrado'
Geral
Presidente da Fundação Palmares ataca: 'morto no Carrefour não era preto honrado'
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
OAB-MS pode suspender advogado que pagou para estuprar meninas de 11 e 12 anos
Interior
OAB-MS pode suspender advogado que pagou para estuprar meninas de 11 e 12 anos
Perigo: Valley mantém balada mesmo com alta nos casos de covid
Cidade Morena
Perigo: Valley mantém balada mesmo com alta nos casos de covid