TJMS JANEIRO
Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

População reclama de instabilidade política e 'cidade fantasma'

15 novembro 2015 - 17h27Por Anna Gomes

Em meio a caos político e clima de instabilidade, campo-grandense reclama da falta de compromisso dos agentes públicos e do aspecto de 'cidade fantasma', criado pela falta de manutenção de serviços básicos como o tapa-buraco, iluminação pública e saúde. Na avaliação dos entrevistados pelo Top Mídia News, a responsabilidade também é do eleitor que, muitas vezes, escolhe seu representante sem pesquisar sobre ele.

Segundo a comerciante Elizabete Plaza, 38, Campo Grande está parada há anos e acredita que as políticos deveriam se conscientizar e olhar para a população. "Estamos vivendo um caos, buracos, saúde precária, segurança ruim. O asfalto está tão ruim que é até perigoso desviar de um buraco e bater em um carro. Todos são culpados, não adianta culpar uma pessoa, é um problema político antigo", disse.

(Comerciante diz que os políticos está impossível andar com a grande quantidade de buracos na Capital. Foto: André de Abreu)

O idoso João Moreira, 82, nasceu no interior de São Paulo, mas já mora em Campo Grande há mais de 50 anos, e reclama que os políticos locais não fazem nada para melhorar a vida das pessoas. As críticas mais incisivas são referentes à saúde, ao transporte, à educação e, claro, à ausência dos serviços de tapa-buraco.

"Os  políticos só pensam em ganhar dinheiro, roubam trabalhadores honestos. Fica acontecendo essa guerra na política e quem paga somos nós. Estou até com vergonha de trazer meus parentes para a cidade com esses buracos, medo de estragar os carros deles, mas se pegarmos o transporte coletivo não conseguimos nem nos mexer dentro do ônibus, de tão cheio, dependendo do horário", relata.

 

(A cabeleireira disse que todos tem culpa em relação a situação da Capital. Foto: André de Abreu)

Seja por desinteresse na política ou pelo sentimento de descrétido em relação aos agentes políticos após tantos escândalos de corrupção, há pessoas que nem lembram mais em quem votou nas últimas eleições. É um caso que revolta a cabeleireira Glaucia Carvalho, que está tão triste com a política local e culpa toda a população pelo problema, alertando para as pessoas pensarem antes de votar nas próximas eleições.

"É complicado. Aqueles que não tem opinião formada e preferem votar em qualquer um na hora da eleição. A culpa é de todos, todos os prefeitos, a cidade está abandonada, os buracos são enormes crateras, está difícil", lamenta.