(67) 99826-0686

População sofre dois dias com falta de água na Capital

Descaso

8 FEV 2014
Carlos Guessy
09h00min
Foto: Reprodução

Um problema técnico, segundo a empresa Águas Guariroba, afetou cerca de 20 bairros de Campo Grande, durante a madrugada e a manhã de ontem (7). A empresa afirmou que abastecimento de água foi normalizado na Capital.

Na tarde de quinta-feira (6), problemas técnicos na linha de transmissão de energia elétrica interromperam o funcionamento das bombas da captação Guariroba, comprometendo o fornecimento de água em bairros atendidos pelo sistema, principalmente nas regiões dos bairros Coronel Antonino e Coophasul.

Conforme a Águas, os seguintes bairros poderiam ser afetados: Taveirópolis, Amambai, Bandeirantes, Taquarussu, Tarumã, Jardim Noroeste, Itamaracá, TV Morena, Tiradentes, Vilas Boas, Coronel Antonino, Estrela do Sul, São Francisco, Jardim América, Jockey Clube, Coophasul, Santa Luzia, Santo Amaro, Santo Antônio e Zé Pereira.

Moradores do bairro Tiradentes sentiram a água que vem da rua fraca, com dificuldade para chegar para a caixa d´´agua. "Eu tenho como costume de ajuntar a roupa suja durante a semana e lavar na sexta para dar tempo de secar e passar para segunda feira estar tudo tranquilo. Hoje de manhã eu notei minha caixa d´´agua vazia, pois logo notei barulho que era sinal que estava enchendo.

A empresa montou uma operação emergencial, enviando técnicos para sanar o problema. O concerto ocorreu poucas horas depois, mas a interrupção do abastecimento da estação foi suficiente para comprometer a distribuição da água para a população.

A situação foi normalizada de forma gradual,segunda a empresa que administra a concessão em Campo Grande. Os bairros mais altos e distantes dos reservatórios terão o o fornecimento restabelecido de forma mais lenta.

Em nota oficial, a Águas Guariroba pediu a compreensão da população. A orientação é para os moradores pouparem água neste período, reservando água das caixas d´água para necessidades básicas.

Caminhões-pipa também estão de prontidão na cidade, segundo a empresa,para atender possíveis casos de emergência. A prioridade será para hospitais, postos de saúde e escolas.

A Empresa Energética de Mato Grosso do Sul informou que o problema foi na linha de transmissão da Eletrosul. Em caso de problemas pontuais no abastecimento, a empresa pede que os moradores informem através do 0800-642 0115 ou 115.

A ETA Guariroba, que fica na saída para Três Lagoas, responde por 40% do abastecimento da Capital. A captação de água é feita por tubulação ligado ao córrego Guariroba, distante 30 quilômetros da estação.

Veja também