(67) 99826-0686

Prefeito assina decreto e gestão de Ceinfs vai para SEMED

Decreto

20 JAN 2014
Lucas Arruda
12h37min
Foto: Geovanni Gomes

Na manhã de hoje o prefeito Alcides Bernal assinou decreto deixando a gestão dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) com a Semed (Secretaria Municipal de Educação). A assinatura revogou o decreto 10.000 de 2007, que deixou os Ceinfs com gestão compartilhada entre a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) e a Semed.

Bernal havia prometido unificar a gestão dos Ceinfs em seu primeiro ano de mandato, no entanto, segundo o secretário de educação José Chadid, durante o primeiro ano foi feito um levantamento do que seria necessário para a transição.

"Havia uma equipe da Semed e da Sas fazendo o estudo desta transição, até trouxemos as matrículas para a Semed, pois assim poderíamos fazer o levantamento total. Por este motivo o prefeito não repassou os Ceinfs para nós", ressalta Chadid. "Hoje é um dia histórico para Campo Grande", acrescenta.

De acordo com Chadid, Campo Grande era a única Capital do país a ter a gestão compartilhado da educação infantil, sendo que unificá-la era um desejo antigo de ambas secretarias e até funcionários da educação.

Bernal frisa que todas as regiões de Campo Grande serão atendidas pelos Ceinfs. "Nós atenderemos a demanda de cada região. Os investimentos serão feitos em parceria do governo municipal e do governo federal", explica.

Para a secretária de assistência social, Thaís Helena, a medida desafogará o trabalho da secretaria, que poderá se concentrar em reverter as mazelas sociais de Campo Grande. "Vamos concentrar nossos esforços nas crianças, nos idosos, lutar exclusivamente para dar atendimento às famílias fortalecendo seus vínculos e tentar acabar com a desigualdade social da cidade", declarou.

Novos Ceinfs - Durante a assinatura do decreto, Chadid afirmou que 34 novos Ceinfs serão construídos nos próximos anos, abrindo um total de 3.240 novas vagas e que o desejo da secretaria é atender 100% das crianças de um até quatro anos. Atualmente são atendidas 13.508 crianças ao todo pelos Ceinfs. Também estão sendo construídas cinco escolas de período integral para atender as crianças.

Segundo o secretário, novos concursos serão realizadospara a contratação de funcionários dos Ceinfs em construção. "Os professores já eram cedidos pela Semed, eles permanecem. Mas novos concursos são necessários para suprir a necessidade de funcionários", argumenta.

Veja também