TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Cidades

Prepare o bolso: passagem do transporte coletivo pode ficar mais cara em dezembro

Valor pode chegar a R$ 3,95 e deve ser reajustado já no início do mês

30 novembro 2018 - 09h41Por Rodson Willyams

Quem depende do transporte coletivo deve se preparar porque a passagem deve ficar mais cara a partir de 4 de dezembro. Segundo o diretor-presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos (Agereg), Vinícius Leite Campos, o reajuste é previsto em contrato anualmente junto ao Consórcio Guaicurus.

Ao TopMídiaNews, Vinícius afirmou que a Agereg fez o cálculo e acabou chegando a esse valor. "O reajuste está previsto no contrato e, ao calcular, chegamos ao valor de R$ 3,95. O reajuste não pode ser feito antes do dia 3 de dezembro, tem que respeitar o princípio da anualidade". O diretor-presidente ainda comentou que o cálculo não é tão simples, quanto parece. "São vários insumos que são levados em consideração".

Entre os critérios levados em consideração está o percentual de reajuste no salário dos motoristas, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor  (INPC), o índice que mede o desgastes dos veículos indicado pela Fundação Gestúlio Vargas (LGV), a quantidade de passageiros por quilômetro. "Tudo isso é colocado em uma fórmula onde é feito o cálculo", explica.

Ao ser questionado se a redução do ICMS no Diesel, ofertada pelo Governo do Estado, teria impacto no valor da passagem no transporte coletivo, Campos afirmou que o índice utilizado pela Agereg seria o índice fornecido pela Agência Nacional de Petróleo. "O valor deles é bem menor em relação ao valor da bombas utilizadas em Campo Grande. Então, esse valor da redução do ICMS não impacta no valor do transporte coletivo".

Vinícius ainda lembrou que ainda está em vigor a isenção do ISS em que o município abre mão de receber 5% em impostos. "O ISS está em vigor. Se não estivesse, o valor da passagem aumentaria e chegaria a R$ 4,16".

Decisão

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) que deve receber os valores da passagem ainda nesta sexta-feira (30). Porém, a decisão quanto ao valor final fica por conta do dele que pode publicar por meio de decreto oficial.