TJMS - 14 a 17/10
Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
Top Ms
Cidades

Retorno de carga horária de 8 horas atende pedido da população, diz Reinaldo

"Se você perguntar para a população, 94% apoia a volta das 8 horas dos servidores públicos", defendeu Azambuja

11 julho 2019 - 16h52Por Nathalia Pelzl

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) contou que a decisão dos servidores estaduais de cumprir 8 horas diárias, totalizando 40 horas semanais, foi para atender um desejo da população. Segundo ele, mais de 90% da população do Estado defendia a mudança.

“Nós não fizemos isso sem antes pesquisar a vontade da população, se você perguntar para a população, 94% apoia a volta das 8 horas dos servidores públicos. E quando eles fazem o concurso, eles fazem para as oito horas, nós tomamos a atitude para poder atender aquilo que é vontade ampla da maioria da população”, defendeu.

Em favor do Governo, o desembargador Paschoal Carmello Leandro derrubou decisão liminar que suspendia a carga horária de oito horas diárias para servidores concursados do Governo do Estado. De acordo com decisão, a medida estava atrapalhando o funcionamento da administração.

 “A suspensão dos efeitos do decreto impugnado acarreta grave lesão à ordem administrativa, na medida em que afeta sobremaneira o funcionamento da máquina estatal, que se adequou para possibilitar o atendimento da população em período integral, em observância ao princípio da eficiência”, diz Paschoal.