TJMS JANEIRO
Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Santa Casa fica sem dinheiro para despesas e pode fechar ambulatório

06 novembro 2015 - 12h54Por Anna Gomes

O presidente da ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande) e diretor-geral da Santa Casam Wilson Teslenco, afirmou na manhã desta sexta-feira (6) que, devido  situação de desequilíbrio financeiro do hospital, vários fornecedores cancelaram medicamentos e materiais hospitalares. Os pacientes podem sofrer as consequências nos próximos dias.

O atraso aos fornecedores já está com mais de 45 dias e ataduras, luvas e outros materiais já estão faltando. "Temos materiais zerados, outros para dois dias e alguns para cinco. Um exemplo é a seringa de 10ml, já não temos, estamos usando de 20 e assim por diante. Vamos nos adaptando com o que tem, mas ainda este mês os materiais podem acabar", disse.

O motivo da suspensão dos serviços acontece porque a prefeitura de Campo Grande deixou de fazer o repasse com o hospital desde janeiro deste ano, acumulando assim um débito de mais de R$12 milhões.

O problema financeiro provocado pelo atraso de pagamento, fez com que o hospital deixasse de pagar fornecedores, que resolveram não fornecer mais seus serviços ao hospital.

Ainda conforme a Santa Casa, se o dinheiro fosse devidamente depositado, ajudaria a acabar com despesas. Wilson destaca que mesmo com dificuldades, estão tentando atender a população, mas destaca que o hospital enfrenta o sério risco de gradativamente suspender os serviços nos próximos dias.