(67) 99826-0686
Camara Maio

Secretário justifica atraso mas garante repasses para a cultura a partir de novembro

Renato Roscoe disse que demora se deu por conta de processo mais rigoroso

9 NOV 2016
Thiago de Souza
18h00min
Dinheiro para a cultura está garantido, disse secretário Foto: André de Abreu

O secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação de Mato Grosso do Sul, Renato Roscoe, garantiu que o Estado fará os repasses do FIC (Fundo de Investimentos Culturais) de Mato Grosso do Sul, de quase R$ 5 milhões. O empenho da primeira parcela referente a primeira etapa dos projetos acontece ainda em novembro. 

O titular da Sectei, justificou, durante evento de lançamento do Rally dos Sertões, que terá etapa em Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, que o processo de análises dos projetos foi muito mais rigoroso, com um número bem maior de 'pareceristas' de fora do Estado, num total de 70. ''Fizemos isso para que não houvesse interferência locais nas escolhas dos projetos, e por isso demandou um tempo maior do que a gente imaginava'' explicou Roscoe. 

''Os recursos estão lá, tá garantido, nosso governador garantiu o recurso, a única coisa que tá acontecendo é o trâmite que está atrasado'', garantiu o secretário. 

Projetos 

Em agosto deste ano, foram publicados no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul, os 78 projetos selecionados para receber os recursos do FIC, que soma R$ 4.999.790,06. 

São 16 projetos na área de música , um em pesquisa, dois em artesanato, dois em museu, quatro em folclore, 12 em literatura, cinco em teatro, três em artes visuais , três em dança, sete na área de audiovisual, três em patrimônio, quatro em formação, um em arquivo, um em biblioteca, e 14 dos municípios

 

Veja também