(67) 99826-0686

Sem pagamento, recreadoras de Ceinfs anunciam greve a partir de amanhã na Capital

Atividades só serão retomadas quando trabalhadores terceirizados pela Prefeitura tiverem salários regularizados

8 NOV 2016
Amanda Amaral
15h09min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo TopMídiaNews

O funcionamento dos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) de Campo Grande será impactado pela paralisação dos trabalhadores que, sem receber seus salários, decidiram por entrar em greve durante período indeterminado. Conforme o Senalba (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional), por repetidos prejuízos aos trabalhadores, os mesmos iniciam paralisação por tempo indeterminado a partir das 6h de amanhã, quarta-feira, 9 de novembro.

A greve só será encerrada, segundo a presidente do sindicato, Maria Joana Barreto Pereira, quando todos os pagamentos forem regularizados. O documento contendo a notificação foi encaminhado nesta terça-feira (8) à presidência da Omep (Organização Municipal Para Educação Pré-escolar) e Seleta (Sociedade Caritativa Humanitária), ressaltando que os funcionários ficaram sem, além do pagamento dos salários, também o vale transporte.

A ausência dos repasses do valor do convênio firmado com a Prefeitura Municipal de Campo Grande já era alvo de reclamação dos trabalhadores há algum tempo, conforme noticiou o TopMídiaNews. Em outubro, os trabalhadores denunciaram ainda que teriam tido os cartões de funcionários retidos pelas direções das empresas conveniadas.

A presidente do sindicato criticava a conduta da prefeitura. "É um dilema insustentável. Os trabalhadores já vivem preocupados com os anúncios de demissões e os atrasos ainda são constantes. A maioria sustenta sua família, os trabalhadores merecem respeito, todos os servidores concursados já receberam, porque este descaso com a categoria que presta um serviço com a mesma qualidade que os efetivos?”, questionou, na época, Maria Joana.

Veja também