Menu
quarta, 27 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Shopping 26 de Agosto é declarado de utilidade pública e governo desapropria prédio

Fracasso

16 dezembro 2013 - 15h29Por Carlos Guessy

O empreendimento Shopping 26 de Agosto, em Campo Grande, teve a área declarada de utilidade pública nesta segunda-feira (16) pelo Decreto “E” n° 32 e pode ser desapropriado segundo publicação do Diário Oficial do Estado.

O Tribunal de Justiça do Estado está autorizado a promover a desapropriação em nome do Estado ou mediante convênio com a Procuradoria-Geral. O Estado de Mato Grosso do Sul também poderá invocar caráter de urgência na desapropriação.

A assessoria de comunicação do Governo não soube explicar o motivo do decreto autorizando a desapropriação do lugar nem qual seria o possível uso do imóvel.

Prédio Fantasma

No final de março desse ano, o proprietário do empreendimento, Rubens Saad anunciou a venda do prédio por R$ 50 milhões. Ele espera atrair uma rede de supermercado para o espaço. “Torço para que seja um grande supermercado”, afirmou, à época, Rubens Saad. Para ele, o ideal seria manter as lojas no pavimento superior e o supermercado no térreo.

Com investimento de R$ 25 milhões, o shopping apostou na linha popular, com produtos importados da China. O espaço também abriga o Posto de Identificação Central de Campo Grande e uma agência dos Correios. Na inauguração, em setembro de 2011, 320 das 550 lojas funcionavam no local.

Leia Também

Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Geral
Autor de Vale Tudo: Gilberto Braga morre aos 75 anos
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
Geral
Multidão aglomera em funerária na espera de ressurreição de pastor
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Política
CPI aprova relatório final e acusa Bolsonaro de nove crimes
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul
Interior
Mãe que deixou filha ser abusada por padrasto tem pena reduzida em Nova Alvorada do Sul