Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
Cidades

Após polêmica com ciclistas, Sinpetro esclarece regras de postos de gasolina

Dona de posto de combustíveis 'expulsou' ciclistas que se protegiam da chuva

17 outubro 2019 - 13h00Por Nathalia Pelzl

Devido à polêmica envolvendo ciclistas e a dona de um posto de combustíveis, o Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul) emitiu um comunicado sobre as normas de segurança, conforme legislação vigente. 

Segundo o órgão, a norma, expedida pelo Ministério do Trabalho, indica que os postos de abastecimento de combustíveis são considerados de alto risco, sendo assim, empresários e toda a equipe de funcionários destes locais são treinados e capacitados através de cursos como os de NR-20 (Segurança com Inflamáveis e Combustíveis) e CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) para evitar tais situações.

Na nota, o gerente executivo do Sinpetro, Edson Lazaroto, destaca que, no momento do abastecimento, é necessário que todos saiam do veículo. Além disso, alguns cuidados devem ser tomados dentro dos postos, como, por  exemplo, não utilizar o celular, não ficar abrindo ou fechando a porta do veículo, não acionar o acendedor de cigarros, entre outros, já que podem ocasionar explosões, colocando em risco a vida e a integridade física de todos os frequentadores. 

“Temos diversos exemplos de tragédias que ocasionaram mortes e danos irreparáveis à pessoa por conta da falta de cuidados indispensáveis, como os citados acima. Acidentes que foram causados justamente pelo cliente às vezes achar um exagero obedecer às regras básicas”, pontua Lazaroto. 

Entenda o caso

 A dona de um posto de combustíveis foi filmada expulsando ciclistas que se abrigavam da chuva no local. O registro ocorreu por volta das 19h30 de terça-feira (15), no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

Um dos envolvidos, que terá o nome preservado, contou ao TopMídiaNews,  que estava em um canto do posto, apenas para se proteger da chuva, quando foi abordado pela empresária.

“Ela saiu lá de dentro totalmente alterada, chamando a atenção de todo mundo, fazendo um escândalo, tocando como se fosse ninguém. ‘Sai daí que isso aqui é meu, vocês estão atrapalhando’. Mas não estava atrapalhando em nada, nem tinha movimento no posto, se tivesse era um carro só”, relata.

O vídeo foi parar nos grupos de WhatsApp e se tornou viral. Um comentarista chegou a declarar que a mulher “não deixa ninguém nem tomar tereré no posto" e "fica tocando as pessoas de lá”.

Questionada, a empresária emitiu nota de esclarecimento, onde destacou que os ciclistas foram orientados a irem para uma varanda coberta existente no local: ''Ademais, é importante ressaltar se tratar de um estabelecimento particular e não uma extensão do Parque dos Poderes, logo possui as suas normas internas de segurança que devem ser observadas por seus consumidores [...] primamos pela busca em ofertar aos nossos clientes os melhores serviços e um ambiente tranquilo e seguro, nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos''.