Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Solução de crise passa por reforma política, aponta enquete

07 outubro 2015 - 08h59Por Rodson Willyams

Crise. Esta é a palavra mais usada no meio político-econômico, tanto nacional quanto regional, nos últimos meses. O Governo Federal e autoridades estaduais vem aumentando impostos para 'amenizar' o problema. Porém, para a população, a tal crise seria resolvida mesmo é com uma profunda reforma político. Pelo menos é isso que aponta enquete realizada pelo TopMídia News.

O TopMídia News lançou a seguinte enquete aos: 'Qual a melhor solução para a crise financeira no Brasil e em Mato Grosso do Sul?

Ao todo, quatro alternativas foram colocadas na enquete: aumento de imposto; diminuição de gastos públicos; reforma política, com redução do número de parlamentares, por exemplo; e todas as alternativas acima.

O resultado obtido foi o seguinte: 54% disseram que a reforma política, com redução de números de parlamentares seria a melhor solução para conter a crise financeira que está instalada no país e em Mato Grosso do Sul.

 

A segunda opção mais votada recebeu 33% dos votos em que a população afirmou que para sair da crise seria necessário fazer a diminuição de gastos públicos. 10% afirmaram que seriam todas as opções apresentada na enquete para reduzir a crise e apenas 2%, como última opção seria aumentar os imposto.

Porém, o governo federal tem elevado os impostos com aumento dos impostos, inclusive dos combustíveis, que gera impacto diretamente em toda cadeia produtiva. Com isso, quem paga a conta são os brasileiros que são os afetados pela crise que está sobre o Brasil.