SOLURB JULHO 4

quinta, 18 de julho de 2024

Busca

quinta, 18 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Cidades

há 1 mês

Transporte por aplicativo fica mais barato, mas conserto de veículos sobe em Campo Grande

Etanol também teve aumento em maio, segundo o IPCA

Levantamento mensal de preços realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra queda nos preços de transporte por aplicativo em Campo Grande durante o mês de maio. Por outro lado, o etanol e o conserto de automóveis, que impactam no serviço prestado por motoristas e pilotos que atuam com caronas pagas, ficou mais caro.

Essa diferença gera reclamação entre os trabalhadores, que recebem cada vez menos por quilômetro rodado. Quando os valores estão valendo a pena, até desconfiam de erros nas plataformas. "Alguém mais conseguiu 'surfar' esse dinâmico aqui em Campo Grande - MS hoje (28/05/24), por volta das 13h15 até as 13h45?", mostra postagem em grupo de motoristas. Outro internauta respondeu: "acho que foi algum bug no aplicativo, eu consegui fazer duas corridas só, mas boas".

Conforme o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), o preço das corridas de aplicativo tiveram queda de 4,34%. O mesmo aconteceu com o preço do pneu (-2,98%) e do ônibus interestadual. Já os aumentos vieram, principalmente, das passagens aéreas (5,12%) e do conserto de automóvel (2,22%). Também ficou mais caro para comprar motocicletas (1,93%) e abastecer com etanol (1,36%).

Pesquisa realizada pelo Procon-MS identificou variação de 16,19% no valor do litro do etanol entre os postos de combustíveis na Capital. O levantamento realizado no início de abril mostrava preços entre 16 estabelecimentos diferentes, com o litro do etanol comum, pago à vista, variando entre R$ 3,15 na Vila Aurora e R$ 3,66 no Centro.

Ao todo, seis dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta neste mês. O maior aumento veio do grupo vestuário, seguido por alimentação e bebidas. Saúde e cuidados pessoais; transportes; artigos de residência; e despesas pessoais também subiram. Ficaram mais baratos os setores de comunicação; habitação e educação. 

Segundo o IBGE, o índice de maio em Campo Grande foi de 0,42%, décimo mês consecutivo no campo positivo. Em abril, a variação havia sido de 0,36%. No ano, o IPCA acumula alta de 2,19% e, nos últimos 12 meses, de 3,88%, acima dos 3,76% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. No Brasil, o IPCA registrou um aumento de 0,46% em maio de 2024.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO