(67) 99826-0686
IPVA

Transtorno e situação caótica no Jardim Paradiso

Caos

12 NOV 2013
Schimene Weber
11h20min
Morador precisa lavar inclusive o celular, devido aos estragos provocados pela chuva / Fotografia: Geovanni Gomes

Um dos bairros mais prejudicados pela destruição da chuva que atingiu a Capital na noite de ontem (11) e na madrugada de hoje (12), foi o Jardim Paradiso, localizado atrás do Comper Hyper Center, na R. Dr. Euler de Azevedo. Segundo moradores, a força da água fez com que a enxurrada invadisse casas e destruísse o patrimônio de diversas famílias.

Agora pela manhã, os moradores da região realizaram um mutirão de limpeza e solidariedade para calcular o estrago e tentar salvar alguns objetos danificados. 

A moradora da rua Youssif Abdulahad, Tatiana Campos, 30, disse que apesar de há pouco tempo morar na região, é a primeira vez que isso acontece. "Eu moro aqui há um mês, mas é a primeira vez que eu vejo um estrago desses acontecer. De todo o bairro, a nossa foi a rua mais destruída", disse. Ela relatou o momento em que a chuva começou a ficar mais forte. "Mais ou menos às 20h30, eu e meu marido ouvimos um estrondo, que era o muro do nosso vizinho caindo... Ele estava preso com a filha de oito anos, e nós fomos socorrer com uma serrinha para arrancar a janela, porque a água já estava batendo no joelho dos dois. O estrago foi tão feio que a geladeira dele foi parar no terreno da frente", explicou.

Francisco Cândido, de 33 anos, é auxiliar de obras e confirma a afirmação de Tatiana, mas complementa que a lama é um problema contínuo que os moradores do bairro enfrentam. "Nós nunca vimos uma destruição tão grande assim, mas a lama, quando chove, sempre acaba parando aqui, porque a rua é um buraco, como se fosse uma vala", relatou.

Chuva - De acordo com a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, o volume de água que caiu em todo estado entre às 17h10 de segunda-feira (11) e às 2 horas desta terça-feira (12) foi de 96.2 mm. Conforme a Defesa Civil, o volume esperado para o mês é de 175 mm.

Morador precisa lavar inclusive o celular, devido aos estragos provocados pela chuva / Fotografia: Geovanni Gomes
Morador precisa lavar inclusive o celular, devido aos estragos provocados pela chuva / Fotografia: Geovanni Gomes
Morador precisa lavar inclusive o celular, devido aos estragos provocados pela chuva / Fotografia: Geovanni GomesFotografia: Geovanni GomesFotografia: Geovanni GomesFotografia: Geovanni GomesFotografia: Geovanni GomesFotografia: Geovanni Gomes

Veja também