Menu
sexta, 07 de agosto de 2020
COLUNA

Decifrando

Marco Santos

Propaganda, continua a alma do negócio

Mentira , vetor de fracasso

28 dezembro 2019 - 14h14

O velho ditado continua valendo.

Mais do que nunca.

Especialmente agora com a novas mídias que permitiram a expansão exponencial das redes sociais e aceleraram vertiginosamente a globalização.

Não por acaso, quem mais usou a propaganda  político - ideológica, antes,  foram os soviéticos , durante a Guerra Fria.

Usavam - na como vetor de projeção de poder.

Fácil lembrar o Balé Bolshoi e os resultados olímpicos dos atletas, inclusive dos cubanos, como mensagens que buscavam a conquista de corações e mentes.

Torravam imensos recursos , necessários as suas populações , tentando provar as falsas  maravilhas  do socialismo.

Com a queda da URSS e seus satélites, as primeiras empresas a progredirem com a abertura dos mercados  nas antigas repúblicas socialistas, foram , não por acaso, as de propaganda.

Agora o Brasil assiste em franca expansão, propagandas do novo governo.

Nem sempre promovidas e orientadas de dentro do poder central e com bases de conhecimentos sólidas.

Admiradores e apoiadores, via mídias sociais, se metem a maqueteiros e acabam criando desinformação e  disseminando  mentiras.

Ou , pior, alimentam falsos e obsoletos  duelos destros x sinistros.

Chegam a propagandear cenários , essencialmente futuros de prancheta. Sucessos ainda não obtidos.

Isso pode acabar como as mentiras que, atualmente, vem sendo denunciadas e que levaram a queda dos partidos de esquerda e seus governantes.

Avalio que a boa propaganda deve ser fundamentada em fatos verdadeiros.

Afinal, quem não se arrepende de ter comprado um produto ruim, graças a uma propaganda bem elaborada, veiculada pela internet?

O mesmo ocorre em relação aos políticos eleitos em decorrência de contratação de bons marqueteiros, sejam eles de direita ou de esquerda.

Dizem, oras, era o que tinha.

Ótimo, então que melhorem as ofertas de boas iniciativas e não repitam mentiras, como a esquerda fez a sociedade tem que cobrar isso.

Não se deve comprar imagens.

Estas são fáceis de serem criadas e até modificadas.

Mentiras sucumbem , não resistem ao tempo.

Marco Antonio dos Santos
Cidadão tentando decifrar o mundo.