TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas
COLUNA

Tiro Livre

A herança de MS: está na hora de presos pagarem a ‘estadia’ em presídios

Está na hora do Brasil começar a mudar de verdade!

23 DEZ 2018
Vinícius Squinelo
09h51min

Eu, como cidadão e jornalista, posso dizer com toda certeza e tranquilidade que não apoio, de jeito maneira, o político Waldemir Moka, do MDB. Pelo contrário, já inclusive escrevi e publiquei matérias denunciando certas atitudes do ainda senador por Mato Grosso do Sul. Porém, uma proposta específica do sul-mato-grossense tem meu total apoio e deve virar um legado político dele: obrigar detentos a pagarem sua própria estadia em presídios brasileiros.

Já comentei sobre essa tema antes, mas não com o necessário foco. A proposta já foi até aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, mas ainda não foi a plenário, e nem vai mais neste 2018, ficando somente, quem sabe, para o próximo ano.

Sempre bom lembrar o que escrevi na última coluna: ‘os cofres públicos bancam 2,4 mil reais para manter cada um dos presos no País. Tudo pago pelo resto da população. São 602 mil presos no País, com gasto de 1,4 bilhão de reais ao mês, ou 16,8 bilhões AO ANO. É quase o que o Governo gasta para atender 14 milhões de família com o bolsa família’.

Pela proposta de Moka, os custos do fornecimento de alimentação, vestuário e instalações higiênicas deverá ser ressarcido pelos presos. Se o detento não tiver condições financeiras, ele precisará trabalhar para pagar sua manutenção no estabelecimento prisional.

Diferenças políticas à parte, já passou da hora do Brasil começar a mudar. E nisso, nós de Mato Grosso do Sul, podemos ser a vanguarda!

Gostou? Curta, comente e compartilhe! Quer enviar críticas, xingamentos ou boas ideias: mande para o e-mail vinisquinelo@gmail.com


(foto: André de Abreu)

 

Veja também