Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
COLUNA

Top Play

Fernando Fenero

Autores Atormentados

O aniversário de Karen Soarele e Leonel Caldela marcam o "Dia Internacional de Literatura de Tormenta"

10 junho 2019 - 11h50

Tormenta faz 20 anos em 2019, e você já viu informações e matérias sobre isso em algumas oportunidades aqui na coluna. Mas hoje, dia 19 temos o que se chama de “Dia Internacional da Literatura de Tormenta”, aproveitando a data que marca o aniversário dos autores Karen Soarele e Leonel Caldela.

 

Karen é de muitos lugares do mundo, mas eu gosto de puxar a sardinha para nosso estado e garantir para quem perguntar que é uma autora legitima de Campo Grande, mesmo que esteja escondida atualmente em algum lugar do Canadá. Sua primeira aventura pelo mundo da fantasia foi “Crônicas de Myríade”, que chegou de mansinho no mercado, com uma história bem amarrada e uma crônica interessante.

 

 

 

Recentemente, a autora nos trouxe “A Jóia da Alma”, romance já localizado em Arton, continente do mundo de Tormenta, atual maior e mais querido cenário de RPG e literatura nacional. E em “Jóia da Alma” Karen brilha muito, Tormenta é muitas vezes chamada pejorativamente de colcha de retalhos, mesmo que isso seja uma qualidade, já que a sociedade brasileira acaba sendo uma colcha de retalhos de fragmentos de várias culturas.

 


O fato de robôs gigantes enfrentarem reis dragões atrai muitos jogadores, mas torna a tarefa de escrever no cenário muito complexa, e apesar da dificuldade Karen Soarele entrega um livro muito bom, com aquela pegada de grupo de RPG em busca de aventuras e suas missões pessoais, mas com o acréscimo de muita humanidade dos personagens (mesmo aqueles que não compartilham essa da “raça”).

 

 

Leonel Caldela é o outro autor aniversariante, e quem mexeu com as estruturas de Tormenta quando começou a botar suas mãos no cenário. As críticas sobre ser um cenário infantil foram soterradas já em “O Inimigo do Mundo”, primeiro volume da trilogia que contem “O Crânio e o Corvo” e termina com “O Terceiro Deus”.
 

 

Para quem cresceu lendo Holy Avenger, foi um choque e uma alegria ver como o cenário ficou maduro na mão do autor, que trouxe a resolução de grandes mistérios que assombravam jogadores e leitores desde a famosa edição 50 da Dragão Brasil que trouxe Tormenta pela primeira vez ao mundo.

 

 

Fica aqui nosso desejo de um feliz aniversário para a Karen e Leonel, e a satisfação em ver o amadurecimento e crescimento de Tormenta por suas mãos.
 

 

Os livros de Karen Soarele e Leonel Caldela podem ser adquiridos em formato digital na Amazon nesse link aqui, e no site da NERDZ. Tormenta ainda está em participando do financiamento coletivo de sua nova versão, que pode ser apoiado no site do Catarse.