(67) 99826-0686
Think Educaçao 13/07 a 17/07
COLUNA

Tiro Livre

Bolsonaro tem que atacar bancos e acabar com mamata dos juros no Brasil

Ou aja como Lula: tire da classe média e mantenha os bancos cada vez mais ricos

8 JAN 2019
Vinícius Squinelo
12h20min

324% ao ano.
Essa é a taxa média cobrada por bancos brasileiros no cheque especial. 

334% ao ano.
Essa é pra quem se enrolar com o cartão de crédito.

Para empréstimos pessoais: 126% anuais. Consignados: 26%.

O Brasil é o paraíso dos bancos. No mundo, é o segundo país mais caro para se depender de instituições bancárias. Porém, o mais rentável para os bancos, como empresas privadas e mistas (BB e Caixa, por exemplo).

Isso com um juros básico de 6,5% ao ano, taxa baixíssima pelo histórico brasileiro. Mas as desculpas das instituições não param: burocracia, inadimplência, entre outras. Tudo para saltar de 6,5% ao ano para 334%. Mas que inadimplência, hein!

Se deseja mesmo o bem do País e sua população, como dito durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro tem que atacar no alvo esses bancos. E isso não é regulamentação de mercado ou ir contra o ‘liberalismo’, é sim acabar com a farra de um sistema solto de rédeas éticas.

Só comparar os juros – e lucros – desses mesmos bancos com os Estados Unidos, ou mesmo países da Europa. A diferença é gritante.

Que Bolsonaro acabe com essa farra de vez.

Ou aja como o ex-presidente e hoje presidiário Lula fez: tire da classe média e mantenha os bancos cada vez mais ricos. Vai querer ser igual ao PT?

Gostou? Curta, comente e compartilhe! Quer enviar críticas, xingamentos ou boas ideias: mande para o e-mail vinisquinelo@gmail.com

(Foto e montagem de capa: Wesley Ortiz)

Veja também