(67) 99826-0686
Camara Maio
COLUNA

Top Pipoca com Pedroka

Por Pedro Martinez

Detetive Pikachu: Sessão da Tarde...

Adaptação divertida

15 MAI 2019
17h11min

Muito se fala de adaptações dos video-games para a telona. E quase nunca o consenso é visto de forma positiva com relação ao resultado, porém ao acompanhar Detetive Pikachu pude comprovar que é possível fazer um bom trabalho. A adaptação nos leva direto a uma boa e velha Sessão da Tarde.

E qual é o enigma para uma adaptação de respeito, Pedroka?!

Simples. É só ignorar a tal necessidade de adaptar o jogo pro cinema. Se baseie no jogo, não refaça o jogo na tela.

Claro que não tiraram os elementos clássicos da adorada franquia que nos faz caçar monstrinhos; só que aqui esses funcionam só como um pano de fundo de uma aventura que não se apoia 100% na premissa básica dos games. Aqui os games são representados de maneira especial mas não são sobre os games - fato esse que faz tudo ficar mais especial. Se você não conhece o desenho e os games Pokémon, vai entender do mesmo jeito.

De cara o protagonista Tim (Justice Smith) tenta, a muito contragosto, capturar um Cubone para um amigo - há um motivo especial de ele querer se distanciar disso. Mas essa vontade precisa mudar quando ele é obrigado a lhe dar com um mistério envolvendo seu pai e o parceiro Pikachu (Ryan Reynolds).

A partir daí Tim e Pikachu mergulham num filme estilo investigação policial a procura de pistas sobre os enigmas deixados num misterioso incidente em Ryme City, um lugar onde humanos e pokémons vivem em total harmonia sem a necessidade de uma relação-treinamento (a tão popular nos jogos). É uma negação da tradição? Não; só é uma forma de tentar ser o próprio sucesso sem se apoiar inteiramente no propósito dos jogos. Isso é um filme,  não o jogo.

Mas os fãs puristas lembrarão que o filme parcialmente se adapta na história de um jogo, com o mesmo nome, de 2016 para o Nintendo 3DS. Aqui no filme é sabido como utilizar o que os fãs acham importante haver: seja habilidades de um Mr Mime ou um transmorfo Ditto ou as batalhas pokémon em clubes clandestinos.

Tudo isso é envolvido na adaptação, que é semi realista nos visuais dos monstrinhos e funciona surpreendentemente bem no decorrer da trama. É uma junção delicada dos traços do anime com algumas características de animais reais. Aipom, Greninja e Charizard roubam a cena com a mesma peculiaridade vista nos jogos e nos desenhos e com uma estética que não parece estranha misturada com os atores em carne e osso.

Detetive Pikachu acerta no feeling da tradução dos jogos pro cinema - coisa que filmes de heróis nos têm entregado com maestria. Aqui pode-se ter fornecido um caminho das pedras que fez o fã sair do cinema satisfeito.

5 pipocas principalmente para a diversão proporcionada.

Em cartaz nos cinemas.

Veja também