(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08
COLUNA

Pelos Cotovelos

Entre tapas e beijos, partidos brigam na Justiça e se abraçam na campanha

De lados opostos nos bastidores, siglas se juntaram para apoiar Odilon

24 JUL 2018
Diana Christie, Rodson Willyans e Vinícius Squinelo
23h00min

Dizem que política é igual nuvem, cada vez que você olha está diferente. E assim, entre tapas e beijos, o Podemos e o PROS vão caminhar de mãos dadas na coligação encabeçada pelo juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT). Enquanto isso, nos bastidores, os partidos travam uma batalha judicial pelo mandato da vereadora Cida Amaral, que migrou do Podemos para o PROS em uma manobra cheia de sombras jurídicas.

Abraçadinhos

Mas que é engraçado, não há como negar: membros do Podemos que acusaram a vereadora de ter traído o partido ficaram lado a lado durante convenção política, como se nada tivesse acontecido. Eram só sorrisos e semblantes de que tudo está bem.

“Triste”

Falando em Odilon, ele disse lamentar a prisão do ex-governador André Puccinelli (MDB). "Lamento e gostaria que isso não ocorresse". Porém, foi pontual e enfatizou que o caso seria um problema da justiça federal e do MDB.

Sozinho

E nessa prisão, teve cacique do MDB em saia-justa por não atuar em defesa de André. Para a militância, somente Paulo Siufi teve garra suficiente para demonstrar o apoio publicamente com vídeo distribuído nas redes sociais.

Esquentou

Também pegou mal beta querendo falar mais alto dentro da legenda. Foi lembrado que quando o alfa está capturado, a prioridade é o resgate e não nova eleição de liderança. Xii!

Mudanças

Após a nota de bastidor do TopMídiaNews denunciando a distribuição de publicidade de farmácia na Casa da Saúde, os folders de empresas particulares foram todos retirados da unidade de saúde. Segundo frequentador assíduo do local, até a quantidade de funcionários parece ter aumentado. Ou pelo menos, estavam mais atentos. Finalmente!

Foto: nossaciencia.com

Veja também