TJMS dezembro
Menu
Busca terça, 10 de dezembro de 2019
COLUNA

Top Play

Fernando Fenero

Microsoft encerra promoção no Brasil a e culpa é do 'jeitinho brasileiro'

30 maio 2017 - 09h09

Nunca se falou tanto sobre honestidade e ética no país, principalmente depois das bombásticas denúncias que afetaram a Presidência da República e nosso Estado, mas de quem realmente é a culpa desse tipo de situação?



Para ilustrar a questão, temos a notícia que a Microsoft encerrou ontem (29 de Maio) sua promoção de acesso a Live Gold, seu serviço pago para dar ao jogador a possibilidade de jogar on-line e acesso a preços especiais na compra digital de jogos. Se o preço normal do acesso mensal ao serviço da Live Gold no Xbox é de R$29,90, a promoção oferecia ao jogador a oportunidade de testar o serviço por apenas R$ 2,00.





O que acontece é que jogadores que já assinam o serviço não gostaram de "não ter essa vantagem" e reclamaram com a gigante fabricante do Windows, que solidária a reclamação dos seus usuários brasileiros, liberou um site para o resgate de prêmios (https://resgatecodigos.com.br/) para os jogadores que cadastrassem as notas fiscais de suas assinaturas.



O resultado disso o leitor já pode antecipar: os brasileiros abusaram da promoção como naquelas centenas de vídeos do Youtube onde grupos de adolescentes abusam dos refis de refrigerante das redes de fast food, e cadastraram notas fiscais falsas e clonadas para faturar os prêmios (desconto em jogos e acesso a avatares especiais). É óbvio que não demorou muito para a empresa entender o que estava acontecendo, e logo tomou a atitude de bloquear o acesso aos prêmios, e no site da promoção aparece a mensagem "Promoção Suspensa". 



Até agora a Microsoft não se manifestou em seus canais oficiais sobre o ocorrido, mas provavelmente ficaremos um bom tempo sem novas promoções, e maior ainda as chances de nunca mais vermos algo que seja acessível com um simples cadastro de nota fiscal.



 



-- 



Dúvidas e sugestões? Comente abaixo e/ou no Facebook e participe da coluna!