(67) 99826-0686
entregas
COLUNA

Tiro Livre

No presente e futuro: nova operação complica ainda mais a vida de André Puccinelli

Alegando até o Estatuto do Idoso, o italiano pode ser solto a qualquer momento

4 DEZ 2018
Vinícius Squinelo
07h47min

André Puccinelli ainda tenta na Justiça sair da cadeia, onde se encontra há quase seis meses. Agora, apela até para o Estatuto do Idoso, para adiantar o julgamento mérito da questão no Superior Tribunal de Justiça, o STJ. Particularmente, creio que o italiano terá êxito no pedido e deixará a cana. Mas a pergunta que fica: até quando?

Após seis fases, a Operação Lama Asfáltica, responsável por colocar o ex-governador atrás das grades, reuniu provas, documentos e indícios cada vez mais contundentes apontando a participação de Puccinelli num mega esquema de desvio de dinheiro público. Com direito até a lavagem de verba no exterior, especialmente no Paraguai.

Com as novas prisões, de homens como João Baird e André Cance, ex-secretário de Fazenda no governo emedebista, a situação de Puccinelli, no longo prazo, é cada dia pior. 

Isso sem contar a possibilidade de uma delação premiada, já que aumentam os números de envolvidos, e alguns deles – nomes como João Amorim e Edson Giroto – não devem estar nada felizes de ficarem presos há quase 10 meses. Ainda mais chegando o período de Natal...

Em resumo: o italiano pode ser solto nos próximos dias. Mas permanecerá fora das grades até quando?

Gostou? Curta, comente e compartilhe! Quer enviar críticas, xingamentos ou boas ideias: mande para o e-mail vinisquinelo@gmail.com

(foto de capa: André de Abreu)

Veja também