Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
COLUNA

Tema Livre

Tema Livre

Precisão narrativa

24 julho 2019 - 10h16

Quem insiste em ver os países do norte europeu como humanamente gélidos e indiferentes precisa ver o filme islandês “Uma mulher em guerra”. Trata-se de uma excelente realização que enfoca, numa mesma personagem, dois temas muito importantes na sociedade contemporânea: a questão ambiental e a adoção.

A direção de Benedikt Erlingsson, que opta por caminhos simples e criativos, como uma banda de músicos e coro que aparece natural e inexplicavelmente nos principais momentos narrativos, mescla os dois assuntos com surpreendente sobriedade e tranquilidade.

Nada é espetaculoso. E isso sustenta a história de uma professora de canto que, armada de arco e flecha, atira contra as fiações de energia de uma fábrica de alumínio que afeta o meio ambiente. Em paralelo, essa mesma personagem entra no processo de adoção de crianças que necessitam de proteção e afeto.

O cruzamento desses desejos, com apoio de importantes personagens secundários, como a irmã da protagonista e um primo distante, revela como é possível contar uma boa história com sensibilidade e economia narrativa. O final, que concilia as duas histórias, surpreende pela precisão cirúrgica e delicadeza.

* Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e pós-doutorando e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.