Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
COLUNA

Reflexões

Marcelo A. Reis

Filhos, netos e a volta da Depressão

20 janeiro 2020 - 10h25

Caro leitor ;

À caminho da Igreja sou parado pela amiga Cecília. Podia ser Lurdes, Eliette,Rogéria ou uma das milhares de Marias que todos conhecemos. Questiona porque parei de escrever. Antes que responda, relata que está passando por um longo processo depressivo.  Diz que, ao abrir o meu coração e, aqui, relatar o meu caso pessoal, em muito, ajudei a ela e que sente falta dos meus artigos ,da minha conversa. Disse-lhe o que tenho dito sobre a doença e sua reincidência. Temos que disciplinarmo- nos. Atividade Física com orientação. Auto organização; criar e seguir ua agenda . Pequenas práticas que muito nos auxiliam.

É uma luta diária, permanente e que teremos que travar até o momento final. Até o dia da nossa MORTE. Pensei, e reafirmo, a importância de abrirmos e compartilharmos os nossos casos.Vi como foi importante, para mim, o nosso papo. A "Deprê" estava/está tentando submeter-me novamente. Sentia-me bloqueado para escrever. Sabia o que queria, mas não sentava para fazê-lo.

A Cecília deu-me empurrão necessário para não fugir da luta!

Chego a Igreja;Você deve estar estranhando, pois sabe não ser parte do meu dia a dia. Tenho reservas com as instituições religiosas, os seus aparatos e suas lutas de Poder . Assusta - me o ataque ,as tentativas de subjugar o Estado que entendo ter que ser plural e laico. Gosto das orações e dos cantares coletivos. Acredito na força da oração, da vontade ,do sonho conjunto . Rezo pela minha amiga. Não por milagres do "NADA" e sim que "DEUS", ou lá o que nome tenha, lhe dê forças para lutar e superar.... Rezo pela Maya , netinha de um amigo/irmão, que nasceu com um problema cardíaco sério e que heroicamente tem superado, um a um, todos os obstáculos.

Rezo muito,muito mesmo, pelos meus filhos e netos.

Luzes da minha vida!

Mentalizo tudo pelo Xande que estava aniversariando. 13 anos! Considerando que TODOS somos judeus, ele agora já é um adulto.

Penso na rapidez da vida . Lembro - me em detalhes do dia do nascimento de cada um dos meus filhos .Visitas e fatos idos...

Vejo o quanto os amo ,à todos igualmente, observando as características das personalidades  de cada um...

Inicio o 2020 olhando em frente e que cada um de nós curta ao máximo as respectivas famílias.

Até a próxima