Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
COLUNA

Tiro Livre

Vinícius Squinelo

GLO para invasões ‘limpa’ o campo em Mato Grosso do Sul

De uma forma ou de outra, queda de braço histórica no Estado chega ao fim, e com derrota para indígenas

26 novembro 2019 - 10h08

A ampliação da Garantia da Lei e da Ordem para o que for denominado como ‘invasão’ vai acabar, de uma forma ríspida e sem conversa, com polêmica histórica de Mato Grosso do Sul: as invasões/retomadas indígenas – use o nome que melhor você se identificar.

Resumindo é simples. O presidente Jair Bolsonaro anunciou que deseja apresentar projeto de lei para liberar ações de GLO em reintegração de posses em áreas rurais. Na prática, o objetivo é liberar o uso de forças federais, como Exército e Polícia Federal, para retirar invasores de propriedades rurais.

E o que interfere em MS? Por aqui, se o Governo federal denominar de invasões os atos indígenas, pronto! Será permitido o uso das forças de segurança para ‘limpar’ o campo. Especialmente em regiões como Dois Irmãos do Buriti e Miranda, existem áreas de litígio histórico entre índios e produtores rurais.

A situação já quase foi resolvida – mas não foi – com o pagamento das áreas aos produtores. Agora, deve ser resolvida na força mesmo.