TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
CORONAVÍRUS

Adultos que se vacinaram há 5 meses podem tomar a 3° dose

Intervalo entre doses foi reduzido pelo Ministério da Saúde e liberou público adulto para reforçar a imunização

16 novembro 2021 - 13h40Por Vinicius Costa

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (16) a redução do tempo de intervalo entre uma dose e outra para o público para que já completou o ciclo vacinal. Agora, as doses podem ser aplicadas em até cinco meses.

O público também mudou e assim, qualquer pessoa com mais de 18 anos pode procurar uma unidade de atendimento e se vacinar contra a covid-19.

"Graças às informações que temos dos estudos científicos, nós decidimos ampliar a dose de reforço para todos acima de 18 anos que tenham tomado a segunda dose há mais de cinco meses", disse Marcelo Queiroga.

Até então, a dose de reforço estava aprovada para os maiores de 60 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde.

Para a dose de reforço, o Ministério da Saúde orienta que a pessoa tome um imunizante diferente do usado no esquema vacinal. No Brasil, imunizantes da Pfizer, CoronaVac e AstraZeneca estão disponíveis.

"É preferencial que a dose adicional seja com uma vacina diferente. No Brasil usamos a Pfizer, mas em um eventual desabastecimento pode ser usada outra plataforma", explicou Queiroga.

Antes sem a necessidade de tomar uma segunda dose, pessoas que tomaram a vacina da Janssen - de dose única, irão tomar uma dose de reforço do mesmo imunizante.

"Hoje nós sabemos que é necessária uma proteção adicional dessa vacina. Como temos um quantitativo, não será um esforço muito grande. A sequência é: completou cinco meses da segunda dose, receberá uma dose de reforço, preferencialmente com uma vacina diferente", disse Queiroga.