Menu
segunda, 23 de novembro de 2020
CORONAVÍRUS

Vítima da covid-19, adolescente de 15 anos pode ter desenvolvido síndrome rara

Menina morreu nesta quarta-feira e família aguarda laudo

22 outubro 2020 - 11h00Por Nathalia Pelzl

A morte de uma adolescente de 15 anos, vítima do novo coronavírus, está sendo investigada em Campo Grande. Ela não estava no grupo de risco e não tinha comorbidade relatada.

Apesar do teste ter sido positivo, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) pesquisa se a adolescente foi vítima de uma síndrome rara.

"Queremos fazer a investigação dessa jovem, para ver se ela teve síndrome rara chamada Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, que está se apresentando em jovens. Vamos investigar através da equipe que a assistiu, para em seguida fazer a comunicação oficial", ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, durante boletim ontem (21).

A família da adolescente, que foi velada e sepultada ontem, aguarda laudo para falar sobre a morte. Contudo, pessoas próximas relataram que na sexta-feira (16), a adolescente havia realizado cirurgia após passar mal da apendicite.