Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
CORONAVÍRUS

MS é o estado que mais cresceu a espera por leitos de UTI do Brasil

O estado teve crescimento de 200% nos últimos 7 dias, sendo o 4° maior com o número de pessoas na fila de espera

25 maio 2021 - 15h40Por Vinicius Costa

Mato Grosso do Sul sofre com a crescente de casos de coronavírus e entra em alerta com a possível superlotação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e o grande número de pacientes na fila de espera. De acordo com dados da GloboNews, o estado teve crescimento de 200% nos últimos 7 dias na fila por um leito.

Atualmente, o estado sul-mato-grossense conta com 239 pessoas estão na fila de espera e aguardam a sua vez para utilizar o leito. Esse número representa uma explosão de casos mais graves que levem pacientes a serem internados.

No boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (25), 1.203 pessoas estão internadas em leitos clínicos e leitos de UTI. O número cresce a cada dia, assim como o número de novos casos, por exemplo, os mais de 1,8 mil casos registrados nesta terça.

Na reportagem divulgada pelo Jornal Hoje, um dos hospitais de Campo Grande, o Hospital Universitário, está lotada e com pouco espaço para receber novos pacientes.

Mato Grosso do Sul é o 4° país com a maior fila, perdendo para Minas Gerais com 248, São Paulo com 344 e Paraná com 498 pessoas em espera.

O aumento no número de pessoas que esperam por um leito é retrato no país inteiro. A fila, em uma semana, deu um salto de 40% e hoje pelo menos 2.126 aguardam sua vez para utilizarem as unidades de terapias para tratamento da covid-19 nos hospitais das 27 unidades federativas.

No início da tarde de hoje, o painel Mais Saúde que é atualizado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) apontou que os leitos de UTI que são exclusivos para tratamento da covid-19 estão com taxa de ocupação de 98,76%, mantendo um nível de alerta para possível colapso no sistema público de saúde.