Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
CORONAVÍRUS

Pfizer diz que registro permite vacinar população com 16 anos ou mais

A vacina da Pfizer/BioNTech é considerada uma das mais bem-sucedidas no mundo, com uma taxa de proteção global de 95%

23 fevereiro 2021 - 16h02Por Nathalia Pelzl

A concessão do registro sanitário para a vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech por parte da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) abre caminho para um uso amplo do imunizante contra covid-19 em todo o Brasil.

Conforme divulgado, a aprovação é para que a vacina seja usada na população em geral com 16 anos ou mais, em um esquema de duas doses com 21 dias de intervalo entre elas.

Grávidas ainda não podem ser imunizadas. 

Em nota, a presidente da Pfizer Brasil, Marta Díez, disse que a farmacêutica recebeu a notícia da aprovação "com entusiasmo".

"Ficamos muito felizes com a notícia da aprovação e gostaríamos de parabenizar a agência pela celeridade e profissionalismo que demonstrou em todas as etapas desse processo".

“Esperamos poder avançar em nossas negociações com o governo brasileiro para apoiar a imunização da população do país”, acrescentou a executiva da farmacêutica.

A vacina da Pfizer/BioNTech é considerada uma das mais bem-sucedidas no mundo, com uma taxa de proteção global de 95%. Em idosos, a proteção é em torno de 94%.