TCE SETEMBRO
Menu
sexta, 24 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
CORONAVÍRUS

Portugal atinge 80% da população imunizada e suspende uso obrigatório de máscara em locais abertos

Exigência permanece apenas para locais fechados; uso ainda é recomendado em situações específicas, como aglomerações, e para pessoas vulneráveis

13 setembro 2021 - 13h19Por Nathalia Pelzl

Portugal suspendeu, nesta segunda-feira (13),  o uso obrigatório de máscara em locais abertos. 

Foi mantida apenas a exigência do uso em locais fechados e situações específicas, como aglomerações, e para pessoas vulneráveis. 

A medida vem num momento em que mais de 80% da população do país europeu já foi completamente imunizada contra Covid-19, a mais alta taxa do mundo, segundo dados do site Our World in Data, da Universidade de Oxford.

O uso obrigatório de máscaras estava em vigor desde 28 de outubro de 2020. 

A orientação divulgada nesta segunda pela Direção Geral da Saúde (DGS) recomenda o uso de máscara em locais externos “quando é previsível a ocorrência de aglomerados populacionais ou sempre que não seja possível manter o distanciamento físico recomendado”. Diz também que continua sendo obrigatório o uso de máscara por pessoas “com sintomas sugestivos” da doença e aquelas consideradas “contato de um caso confirmado de Covid-19”.

A DGS recomenda ainda a utilização da máscara na rua por “pessoas mais vulneráveis", com doenças crônicas ou imunodeprimidas, sempre que “circulem fora do local de residência ou permanência habitual”.

Nas escolas, o uso da proteção facial continua sendo recomendado para crianças com idade entre 6 e 10 anos, ou por alunos do 1º ciclo, independentemente da idade, mas a DGS alerta que os pequenos precisam receber treinamento para o uso da máscara e que “seja garantida a supervisão por um adulto”. Em Portugal, a vacinação ocorre a partir dos 12 anos.