Menu
domingo, 09 de maio de 2021
mais social 05 a09/05/2021
CORONAVÍRUS

Três Lagoas, Dourados e Sidrolândia estariam extintas pelo número de mortes da covid-19

A tragédia é tão grande que equivale à extinção de 214 cidades do país. Números de óbitos ultrapassaram os 400 mil

30 abril 2021 - 13h00Por Rayani Santa Cruz

A população de Três Lagoas, Dourados e Sidrolândia estariam exterminadas em comparação ao número de mais de 400 mil mortes pela covid-19 no Brasil.  É como se essas três cidades de Mato Grosso do Sul desaparecessem do mapa em equivalência ao número que marca a tragédia pandêmica em território nacional.

Em comparativo nacional, o número teria  provocado a extinção de 214 cidades, caso as vítimas estivessem concentradas apenas nos menores municípios brasileiros, diz o Metrópoles.

No Estado, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informa que a população estimada em Dourados no ano de 2020 era de 225.495 pessoas. Já em Três Lagoas o número é de 123.281 e Sidrolândia de 59.245 pessoas. O total dessa população é de 408.021. Hoje o número da mortandade pelo coronavírus no Brasil é de 401 mil.

Em outro comparativo, tirando a população de Sidrolândia e incluindo a de Corumbá, que possui 112.058 pessoas, a cidade fronteiriça teria perdido a metade da população. 

O Brasil se destaca como o 2º país do mundo mais atingido pela doença e é avaliado com receio pela comunidade internacional. As altas taxas de contágio registradas aqui podem resultar no surgimento de variantes com possibilidade de ameaçar a eficácia das vacinas já desenvolvidas.

A lentidão da imunização, compra de insumos e outros problemas deixam o término da pandemia cada vez mais longe no país.