Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
camara municipal
Cultura

Ator que fez o personagem Crô se apresenta em Campo Grande

Teatro

26 outubro 2013 - 17h50Por Da redação
O ator Marcelo Serrado já provou que sabe fazer comédia com o personagem “Crô”, da novela Fina Estampa. Talvez estimulado pelo sucesso, estreou este ano como autor de stand up comedy, com o espetáculo "Tudo É Tudo e Nada É Nada". Campo Grande terá a oportunidade de conhecer o texto do ator nos dias 2 e 3 de novembro, no Palácio Popular da Cultura.

 
No palco, sozinho, apenas com um microfone e um banquinho, ele conta histórias reais e fictícias. Serrado fala, principalmente, sobre carreira, sucesso, fracasso, fama e celebridades instantâneas.
 
 
O carioca tem 46 anos de idade e 28 anos de teatro. Tempo que rendeu algumas "comédias", como história do tempo em que ele morou na Inglaterra e, antes disso, das paixões da adolescência.Também há comentários sobre os personagens Crô e de Tonico Bastos, de "Gabriela".
 
 
Sobre a peça, o ator diz que “queria algo em que eu pudesse falar direto com a platéia, que fosse meu e tivesse a minha cara”. O nome do espetáculo é uma frase dita pelo cantor Tim Maia.
 
 
Serviço
A apresentação será no Palácio Popular da Cultura, no dia 2, às 21h, e no domingo (3), às 20h. Os ingressos estão à venda no 1º piso do Shopping Campo Grande, em frente as lojas Riachuelo. O setor B custa R$ 100,00, o A, C e E têm valor de R$ 80,00 e os setores D e F saem por R$ 60,00. Informações pelo telefone 3326 – 0105.

Leia Também

Motorista que bateu em carro de mulher que morreu em acidente assume que bebeu
Polícia
Motorista que bateu em carro de mulher que morreu em acidente assume que bebeu
Caminhoneiro idoso morre de covid-19 no HR de Campo Grande
Cidade Morena
Caminhoneiro idoso morre de covid-19 no HR de Campo Grande
Mulher que morreu em acidente entre carros tinha 32 anos
Polícia
Mulher que morreu em acidente entre carros tinha 32 anos
Apesar da fronteira fechada, boliviano morre por covid-19 em Corumbá
Cidades
Apesar da fronteira fechada, boliviano morre por covid-19 em Corumbá