Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Cultura

Carnaval movimenta economia de Corumbá e hotéis já têm até lista de espera

São esperados mais de 15 mil foliões, de acordo com a Fundação de Turismo do Pantanal

21 fevereiro 2019 - 14h47Por Da redação/Diário Corumbaense

Que Corumbá tem o melhor e maior Carnaval da região Centro-Oeste, isso todo mundo sabe. E devido à grandiosidade da folia de momo, o município se prepara para receber os visitantes nessa época do ano. São esperados mais de 15 mil foliões, de acordo com a Fundação de Turismo do Pantanal, já que em alguns municípios a festa não será realizada, e, Corumbá pode ser o destino dessas pessoas.

Mas desde agora, a rede hoteleira, pousadas e hostels de Corumbá, estão com quase todas as reservas fechadas. O que resta para alguns foliões que deixaram para a última hora, é aguardar em fila de espera, caso haja desistência de alguma reserva.

“Aqui em nosso hotel todos os quartos já estão fechados desde o mês de dezembro. Infelizmente não há mais vagas, mas há a fila de espera. Todos os anos, nessa época, os hotéis ficam cheios”, disse José Onofre, gerente de um hotel que fica na Avenida Rio Branco, entre Corumbá e Ladário e que conta com uma média de 72 apartamentos.

Já a gerente de um hotel, localizado na rua Antônio Maria Coelho, região central da cidade, também informou que não há mais quartos disponíveis. “Todos os 90 apartamentos já estão reservados. Vagas só teremos apenas se houver desistência. Nessa época cresce em 100% a procura por reservas e é um período já esperado, como em outros eventos da cidade, como São João e férias de julho”, contou a ao Diário Corumbaense, Sheyla Ribeiro, que está há 12 anos à frente da gerência do hotel. A média de preço da diária varia entre R$ 231,00 a R$ 420,00 para apartamentos para uma, duas e até quatro pessoas.

Com a mesma situação, Luciane Ferreira Toledo, gerente de hotel, na rua América, Centro, informou que todos os 160 apartamentos estão lotados e que para suprir a demanda de público sempre registrada em grandes eventos, o hotel até passou por uma reforma, para aumentar o número de leitos.

“O aumento de apartamentos do hotel foi realmente para suprir grandes eventos em nossa cidade. Hoje, a nossa média anual é de 58% e para este ano, esperamos poder ter um aumento maior de visitantes. Estamos praticamente lotados, pois faltam alguns sinalizarem as reservas”, mencionou, dizendo que a média de preço é de R$ 273,00, podendo variar de acordo com o apartamento escolhido.

Em Corumbá, existem 22 estabelecimentos (hotel, pousadas e hostels) na área urbana e 26 na área rural. Desse total, são 2.200 leitos disponíveis para os turistas e visitantes que buscam a cidade para o Carnaval ou até mesmo em outras ocasiões, pelo fato de o município ser uma cidade turística, porta de entrada para o Pantanal de Mato Grosso do Sul.

Os hostels também estão praticamente lotados. José Sérgio Santos, responsável pelo hostel localizado no final da rua Firmo de Matos, com vista para o Pantanal, falou que os 24 apartamentos estão reservados. “No carnaval a procura é grande e estamos com todos os quartos ocupados”, afirmou. Os preços das diárias variam de R$ 50,00 a R$ 130,00.

Festa contribui para o crescimento da cidade

Em 2017, a média de visitantes no Carnaval, segundo os dados da Fundação de Turismo, ficou entre 10 a 12 mil foliões.

Além de investimentos nas redes hoteleiras, o Carnaval proporciona ao município o movimento na economia, pois, quanto mais turistas, maiores são os gastos feitos pelos visitantes, que só em 2018, ficou em torno de 11 milhões de reais e a expectativa para este ano é de que chegue a 15 milhões de reais.

Empregos diretos e indiretos também ajudam a aumentar a rentabilidade das famílias locais que aproveitam a festa para faturar nos mais de dois mil empregos informais durante as noites de folia.

Leia Também

Jovem finca agulha de narguilé e mata namorado após discussão por pastel
Geral
Jovem finca agulha de narguilé e mata namorado após discussão por pastel
Apesar de fracas, chuvas continuam na terça e deixam clima fresquinho em Campo Grande
Cidades
Apesar de fracas, chuvas continuam na terça e deixam clima fresquinho em Campo Grande
Trio morre ao trocar tiros com policiais do DOF após assalto em Naviraí
Interior
Trio morre ao trocar tiros com policiais do DOF após assalto em Naviraí
Brasil tem 377 mortes por covid em 24 horas e total chega a 137 mil
Geral
Brasil tem 377 mortes por covid em 24 horas e total chega a 137 mil